quarta, 17 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DOURADOS

Família suspeita que liderança indígena tenha sido envenenada e polícia investiga o caso

11 julho 2024 - 10h20Por Cristina Nunes

A família de Gaudêncio Benites, 44 anos, cacique indígena e uma das principais lideranças da Aldeia Bororó, procurou a Delegacia de Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência sobre a suspeita de que ele tenha sido vítima de envenenamento. O homem teve morte encefálica no dia 7 de julho.

Conforme informações do boletim de ocorrência, Gaudêncio, que era pré-candidato a vereador, saiu no dia 22 de junho para uma reunião política na casa de um morador da Aldeia Bororó.

Segundo relatos da esposa na ocorrência, ele retornou apresentando confusão mental, suor, calafrios e febre alta. 

Aos familiares, Gaudêncio contou que havia consumido um prato de 'arroz frio e uma costela gordurosa e azeda', servida pelo anfitrião da reunião. Mesmo desconfiado da qualidade do alimento, ele disse ter comido para não fazer ‘desfeita’.

Os sintomas de Gaudêncio se agravaram rapidamente. Ele sofreu com febre persistente, vômitos intensos e desorientação, conforme relatado na ocorrência. Preocupada, a família o levou ao hospital da Missão, onde recebeu os primeiros cuidados médicos e foi liberado para retornar para casa. 

No entanto, sem sinais de melhora, ele foi internado em 24 de junho. No dia seguinte, seu estado de saúde piorou a ponto de necessitar intubação e transferência urgente para o Hospital Universitário (HU).   

No HU, Gaudêncio foi submetido a uma série de exames, incluindo uma tomografia computadorizada do crânio, que revelou sinais sugestivos de edema cerebral. No domingo (7), Gaudêncio sofreu morte encefálica. 

O prontuário médico do HU indicou edema cerebral como a causa do óbito, com uma pneumonia bacteriana não especificada como condição antecedente, conforme relata o boletim de ocorrência registrado. A morte foi declarada na quarta-feira. 

A suspeita de envenenamento levantada pela esposa de Gaudêncio está sendo investigada pela Polícia Civil. 

O velório acontece nesta quinta-feira (11/7), na casa da família dele, na Aldeia Bororó. 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economista Cristiane Schmidt é nomeada para presidência da MSGÁS
REGIÃO 

Economista Cristiane Schmidt é nomeada para presidência da MSGÁS

Irmãos gêmeos são presos após renderem frentista para roubar posto de combustíveis
PARANAÍBA

Irmãos gêmeos são presos após renderem frentista para roubar posto de combustíveis

Cocaína é apreendida em MS dentro de cilindros de oxigênio; veja vídeo
FLAGRANTE

Cocaína é apreendida em MS dentro de cilindros de oxigênio; veja vídeo

BRASIL

Anvisa confirma novo caso de malária em navio fundeado em Santos

Menor tenta fugir de abordagem policial e é apreendida com drogas na MS-486
POLÍCIA

Menor tenta fugir de abordagem policial e é apreendida com drogas na MS-486

AQUIDAUANA

Casal suspeito de ameaçar esfaquear adolescente para roubar celular é indiciado

BRASIL

CNJ afasta desembargador que falou em mulheres loucas atrás de homens

EDUCAÇÃO

MS Supera: programa do Governo do Estado divulga resultado preliminar da fase C

RESSOCIALIZAÇÃO

Jateí recebe oficina de argila do projeto Reintegr'Arte no Presídio Feminino

PONTA PORÃ

Fardos de drogas são apreendidos em entreposto na fronteira

Mais Lidas

DESAPARECIMENTO

Douradense desaparece após viajar a trabalho para Maracaju

CAPITAL

Grupo de funcionários responsável por furtar empresa de transporte é desarticulado

DOURADOS

UFGD oferece 293 vagas para transferência de outras universidades e portadores de diploma

CAPITAL

"MS ao vivo" traz o cantor Diogo Nogueira para apresentar novo show neste domingo