Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(67) 99659-5905
SURTO EM MOTEL

Empresário diz que só a mulher que morreu sob caminhão se drogou

21 janeiro 2020 - 22h35Por Da Redação

O empresário de 30 anos, que estava em motel localizado na saída de Campo Grande, para Três Lagoas com a médica veterinária de 29 anos, alegou que ela fez uso de substâncias em algum momento durante o período de cerca de 3 horas em que estiveram no quarto do estabelecimento. A mulher - que ainda têm origem desconhecida - e saiu em surto no local, morreu debaixo de um caminhão. 

Dentro do quarto, a perícia apreendeu quatro latas de cerveja e uma quantidade de entorpecente - apontado como cocaína - e conforme apurado pelo jornal Correio do Estado, o empresário afirmou em depoimento na tarde de ontem (20) não ter feito uso tanto do álcool quanto da droga.

Ele é considerado a principal testemunha do caso, já que estava com a mulher. Segundo o delegado responsável pela investigação, Ricardo Meirelles, da 3ª Delegacia de Polícia de Campo Grande, ele será ouvido “quantas vezes forem necessárias” e está colaborando com a polícia. Além dele, outras pessoas envolvidas estão sendo ouvidas durante esta semana. Mais de 10 testemunhas, entre funcionários do motel, moradores que presenciaram o surto e familiares da vítima foram ouvidas informalmente e agora irão prestar esclarecimentos oficiais à polícia.

Meirelles agora espera o resultado do exame necroscópico e alguns procedimentos complementares. “Vejo a necessidade de alguns outros exames, como o anatomopatológico e o toxicológico, para saber o que a vítima ingeriu, o quanto ingeriu ou a presença de alguma doença”, revelou ele ao Correio do Estado. O resultado deve sair em torno de 10 dias. 

O CASO

Durante a noite de quinta-feira (16), segundo informações do boletim de ocorrência, testemunhas viram a vítima sair correndo de um motel transtornada, espumando pela boca, gritando o tempo todo, se jogando e rastejando pelo chão até entrar embaixo de um caminhão.

O empresário apareceu no local em uma caminhonete Amarok preta tentando colocá-la no veículo, mas ela se recusava aos gritos. Então ele acelerou e saiu em alta velocidade.

Em dado momento, ainda conforme os relatos de testemunhas, ela caiu no chão desacordada. Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou ao local e tentou reanimá-la, mas sem êxito.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Com eleição adiada, TSE é consultado sobre prazo de Ficha Limpa
RIO AQUIDAUANA
Ambiental multa homem em mais de R$ 5 mil por degradar mata ciliares
ASSEMBLEIA DE MS
Aprovado direito de incluir nome do cônjuge em faturas
CAMPO GRANDE
Hemosul realiza testagens laboratoriais de resultados do Covid-19, porém sem coletas no local
PANDEMIA
Bodoquena, Bela Vista e Terenos solicitam reconhecimento de calamidade pública
BRASIL
Mais de 200 mil candidatos se inscreveram no primeiro dia de abertura do Sisu
BRASIL
Senado aprova convite a Mourão para debater Conselho da Amazônia
CAMPO GRANDE
Na Capital, anta é resgatada após cair em piscina de chácara
DOURADOS
Dono encontra carro que havia locado “depenado” em barracão
ECONOMIA
Dólar fecha em alta com cautela externa por coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
DOURADOS
Adolescente pilota moto embriagado e tio morre após queda na Coronel Ponciano