Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
CRIME AMBIENTAL

Empresa é autuada em R$ 22 mil por irregularidade

09 agosto 2014 - 11h00

Policiais militares ambientais de Costa Rica apreenderam na MS-306, no Trevo do 'Gaúcho Pobre', uma carreta com reboque tanque bitrem transportando combustível ilegalmente. O material saiu da cidade de Paulínia (SP) com destino a Rondonópolis (MT) sem a licença ambiental.

O veículo, carregado com 45 mil litros de diesel, pertencente a uma empresa da cidade mato-grossense foi apreendido. A empresa foi multada em R$ 22,5 mil.

O produto e a carreta foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Costa Rica.

Os responsáveis pela empresa poderão responder por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem a licença ambiental, que prevê pena de prisão de três a seis meses. Também poderão responder por crime ambiental de transporte de produto perigoso, que prevê pena de um a quatro anos de reclusão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Detran/MS abre visitação de 83 lotes para três leilões em andamento
Durante banho de rio com a família, adolescente morre afogado
IMUNIZANTE
Covid: Brasil recebe mais 2,2 milhões de doses da vacina Pfizer
EMPREGO
Funtrab oferece quase 2 mil vagas nesta segunda, 251 em Dourados
Mortos a tiros e jogados em terreno baldio na fronteira eram irmãos
TEMPO
Segunda-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
ECONOMIA
Auxílio emergencial volta a ser pago na terça para nascidos em Janeiro
PANDEMIA
Justiça proíbe pai não vacinado para covid de visitar filha
POLÍCIA
Polícia prende acusado de matar rapaz a tiros em possível acerto de contas
POLÍCIA
Dois homens são mortos a tiros e tem corpos jogados em terreno baldio na fronteira

Mais Lidas

'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
POLO INDUSTRIAL
Expansão industrial impulsiona investimentos logísticos em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina