Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
PENITENCIÁRIAS

Em 2019, mais de 25% dos presos ainda esperam julgamento em MS

14 fevereiro 2020 - 17h35Por Da redação

O número de presos em Mato Grosso do Sul caiu 7% no primeiro semestre de 2019 se comparado a igual período do ano anterior. Do total de 17.384 detidos, 4.493 eram provisórios, os que são mantidos em detenção até o julgamento. 

Os dados fazem parte do levantamento divulgado hoje pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional) e reproduzidos no site Campo Grande News. No âmbito nacional, eram 758.676 detidos, aumento de 3,89% em relação ao apurado em igual período de 2018.

Em MS, de janeiro a junho de 2018, o levantamento contabilizou 18.731 presos, o que representa queda a igual período de 2019.

No primeiro semestre do ano passado, dos 17.384 presos, 16.791 estão nos presídios do Estado, sendo 9.807 no regime fechado, 1.243 no semiaberto, 1.137 no aberto e 4.493 provisórios. Outros 61 foram enquadrados em tratamento ambulatorial e 50 em medidas de segurança.

Da massa carcerária em MS, 92,63% é formada por homens, 16.840 presos, enquanto que 1002 mulheres estavam presas.
Somente nos presídios de Campo Grande, foram contabilizados 5.958 presos, divididos em regime fechado (4.028), provisórios (1.196) e 517 no sistema aberto.

Nacional 

Os presos provisórios constituem o segundo maior contingente, com 253.963, representando 33,47% do total. Os presos no semiaberto, 16,63%, somam 126.146, e os no regime aberto são 27.069, representando 3,57% do total. Já os que estão em medida de segurança ou em tratamento ambulatorial somam 3.127 pessoas.

Os números mostram ainda que faltam 312.125 vagas nas unidades carcerárias do país e que as vagas disponíveis são 461.026.

A quase totalidade dos presos é do sexo masculino, representando mais de 90%. As mulheres representam pouco mais de 8%.

Os dados mostram ainda que houve um aumento no número de mulheres encarceradas, na comparação com 2018. Em 2019, foram 37,8 mil presas, contra 36,4 mil em 2018. O resultado rompe a tendência de queda no encarceramento feminino, que vinha sendo registrada desde 2016.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Após denúncia de perturbação de sossego, PM apreende aparelhagem de som
COXIM
Após denúncia de perturbação de sossego, PM apreende aparelhagem de som
Azambuja pleiteia FCO do Pantanal para recuperar prejuízos com queimadas
DEVASTAÇÃO
Azambuja pleiteia FCO do Pantanal para recuperar prejuízos com queimadas
SUSPENSO ATENDIMENTO
Covid fecha delegacia na capital
Bolsonaro participa da formatura de cadetes da Aman
BRASIL
Bolsonaro participa da formatura de cadetes da Aman
Vizinho denuncia e ladrão é preso durante furto a residência
COXIM
Vizinho denuncia e ladrão é preso durante furto a residência
CULTURA
Banda Haiwanna encerra Som da Concha Lives 2020 com show autoral
OPORTUNIDADE
Inscrições abertas para seleção de bolsas na UEMS
REGIÃO
Traficante é preso com mais de 1t de droga em caminhonete roubada
SAÚDE PÚBLICA
Médico do Inca alerta para sintomas de câncer do colo do útero
FAMOSOS
Internada com Covid-19, Nicette Bruno passa por hemodiálise

Mais Lidas

DOURADOS
Novo decreto não autoriza horário estendido do comércio em dezembro
TRÊS LAGOAS
Mãe vê menina com vizinho ao chegar do trabalho e descobre estupro
ECONOMIA
Pessoas que receberam auxílio emergencial irregular serão cobradas por SMS
PANDEMIA
Com novo óbito, Dourados confirma sexta morte por Covid em quatro dias