Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
COXIM

“Ele atirou para se defender”, diz defesa de tatuador que matou colega

28 outubro 2020 - 22h05Por Da Redação

A defesa do tatuador Washington Vieira Gonçalves, de 40 anos, ressalta que o profissional agiu em legitima defesa, durante o desentendimento que terminou com a morte de Antônio Paulo de Andrade Vaz, de 34 anos, na noite do último sábado, dia 24 de outubro, em Coxim, cidade localizada na região Norte do Estado.

“Ele agiu para se defender”, esclarece o advogado Alex Viana de Melo. O advogado já entrou com um recurso na justiça pedindo a soltura de Washington do Estabelecimento Penal Masculino de Coxim, onde ele está preso, desde o final de semana.  De acordo Alex Viana o tatuador chegou antes da vítima ao bar onde teve início a confusão.

“O Antônio Paulo se sentou na mesma mesa que ele e começou a brigar, pois não aceitava o Washington falar que pertencia ao mesmo grupo de motoqueiros que ele”, confirma. Para “evitar confusão”, ainda conforme o advogado, o tatuador saiu do estabelecimento e foi para casa. Segundo o site Campo Grande News, no entanto a vitima e um amigo, de 33 anos, foram até o endereço da Avenida João Feliciano Bezerra, no Bairro Vila Bela, em Coxim.

“O próprio amigo da vítima diz que Washington saiu do local para evitar confusão. Ele já estava em casa jantando com a mãe dele que é idosa, quando a vítima chegou ao local gritando”, completa. Alex Viana explica que o tatuador saiu da residência e no meio da discussão, levou uma cabeça e foi prensado na parede pela vítima. O amigo de Antônio ainda teria segurado o tatuador para que ele não retornasse para a residência.

“Foi quando ele se desvencilhou e ocorreram os disparos. Ele agiu para se defender”, ressalta o advogado. Antônio foi morto com cinco tiros. Alex Viana também confirma que o cliente pediu para que o amigo da vítima permanecesse no local até a chegada da Polícia Militar. O tatuador pediu para acionar a polícia e aguardou a chegada dos policiais ao local para explicar o ocorrido e entregar o revólver calibre 38. usado no crime. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Identificado assassino de jovem morto no aniversário do irmão
CONTÁGIO
Grupo de pesquisadores diz que Brasil vive 'início de 2ª onda' de Covid
SÃO GABRIEL
Com tiros na cabeça e pescoço, homem é socorrido em estado grave
MUDANÇA NA CASA BRANCA
Trump autoriza início do processo de transição do poder para Biden
APARECIDA DO TABOADO
Homem é acusado de arrastar por duas quadras cachorro que fugiu
UFGD
Prazo para inscrição no Bolsa Cultura Web termina nesta sexta-feira
ESPORTE
Corumbaense e Maracaju desistem de jogar o Estadual de Futebol
ESPORTES
Atleta de Amambai é vice-campeão brasileiro sub-18 de atletismo
PEDRO JUAN
Polícia acusa PCC por ataque que dilacerou nariz de criança na fronteira
CORONAVÍRUS
Ex-ministro que minimizou pandemia é internado com Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Carro invade parque no final da Avenida Marcelino Pires, cai em valeta e pega fogo
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Homem ameaça ex com faca e apanha de vizinhos em Dourados
DOURADOS
Homem é preso após tentar atropelar policiais em abordagem na BR-163 
DOURADOS
Mulher é presa após atear fogo na casa do ex-marido, cadeirante