Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Durante o trabalho, tratorista encontra corpo de indígena

09 janeiro 2013 - 11h09

Maryuska Pavão e Osvaldo Duarte

Na tarde de ontem, na Fazenda Coroado em Caarapó, localizada as margens da MS-280, próximo a Aldeia Tey Kuê, foi encontrado o corpo do indígena Carlos Araujo de 65 anos.

De acordo com tratorista de 46 anos, ele estava passando veneno na plantação de soja, quando percebeu que passou por cima de alguma coisa grande que lhe chamou a atenção, o trabalhador parou para ver o que era, quando encontrou o corpo do indígena.

Equipes da Polícia Civil e da Perícia de Dourados foram acionadas.
Os policiais explicaram que tudo indica que Carlos tenha sido assassinado e teve seu corpo jogado na plantação.

O caso está sendo investigado como morte a esclarecer e a polícia acredita que o corpo estava no local desde segunda-feira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Ministério mantém projeção de queda do PIB em 4,7% neste ano
OPERAÇÃO CONTÁGIO
Délia afasta procurador, servidores e secretários investigados pelo MPE
DOURADOS
Mesmo com pouca chuva, CCZ intensifica trabalho contra a dengue
REGIÃO
Camionete com placas de Minas Gerais é recuperada por policiais em MS
CONTRABANDO
Carga com 150 mil maços de cigarros é apreendida no Sul de MS
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Aprovado estado de calamidade pública em mais três municípios
TV DOURADOS NEWS
3º BPM de Dourados faz balanço das ações de 45 dias de atuação
PANDEMIA
Em MS, mais de 300 pacientes estão internados devido ao coronavírus
DOURADOS
Gaeco encontra munições na casa de procurador alvo de operação
DOURADOS
Homem é preso com 10kg de maconha na rodoviária

Mais Lidas

DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem
BARBÁRIE
Vizinhos relatam frieza de atirador que ainda voltou para conferir se ex estava morta
CRIME BÁRBARO
Atirador que matou ex-mulher e feriu crianças fez outras vítimas antes de se suicidar
DOURADOS
Polícia vai à casa onde atirador começou noite sangrenta e identifica testemunhas