Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99659-5905
COSTA RICA

Durante exame admissional, homem cai, bate a cabeça e morre

02 março 2020 - 19h05Por Da Redação

Edmar Bento Garcia, de 47 anos, morreu nesta segunda-feira, dia 02 de fevereiro, depois de sofrer queda durante exame admissional em uma clínica no município de Costa Rica, na região Norte do Estado. Segundo o site Midiamax, ele foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa da Campo Grande, mas não resistiu.

Conforme boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital, pela esposa, Edmar caiu durante um exame e bateu com a cabeça no chão, sendo socorrido pela equipe da clínica e levado ao hospital da cidade.

No entanto, devido a gravidade dos ferimentos, precisou ser transferido para a Santa Casa no sábado (29), já entubado. No início desta manhã, o estado de saúde dele piorou e ele acabou morrendo. O caso é investigado como morte a esclarecer.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Mulher é sequestrado pelo ex na frente de familiares
BRASIL
Habilidades socioemocionais poderão ajudar na reabertura das escolas
MS
Traficantes fogem e polícia apreende 600 kg de maconha em Bonito
CORUMBÁ
Carro de dona de restaurante assassinada é encontrado pela polícia
REGIÃO
Assentado é autuado em R$ 7 mil por desmatamento ilegal de vegetação protegida de Mata Atlântica
CORUMBÁ
Dona de restaurante é encontrada morta no estabelecimento
MS
Jaguatirica é capturada em residência no centro da capital
CAMPO GRANDE
Homem pergunta por crianças e é morto a facadas por ter sido considerado pedófilo
REGIÃO
Incêndio destroi casa em Fátima do Sul
ESPORTES
Wellington Silva, do Fluminense, testa positivo para Covid-19 e está fora da final do Carioca

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus
PANDEMIA
Pesquisadores veem medidas sem efeito e sugerem lockdown em Dourados