Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905
PONTA PORÃ

Mulher contrata motorista de aplicativo e é presa tentando levar droga à Capital

01 abril 2020 - 09h10Por Jessica Beatriz e Osvaldo Duarte

Na noite desta terça-feira (31), às 20h15, duas mulheres foram presas por tráfico de drogas, na MS-164, região do Copo Sujo, em Ponta Porã, pelo Departamento de Operações de Fronteira (DOF).

De acordo com informações do boletim de ocorrência, Eva Correa, 39, estava em um carro Ford Ka cinza, com placas de Belo Horizonte, Minas Gerais. Durante a abordagem do DOF, foi encontrado no porta-malas, três volumes com 38 pacotes de droga skunk, que totalizou 16kg.

O veículo era conduzido por um motorista de aplicativo, para o qual ela pagaria R$ 800 pela corrida. A droga seria levada para Campo Grande e Eva receberia R$ 2 mil.

No momento da autuação, a mulher disse que pegou o entorpecente no bairro São Cristóvão, em Ponta Porã. 

Os policiais fizeram diligências e se deslocaram para local, onde encontraram Juliana, 28. O esposo dela, ao ver a polícia, fugiu. Na casa foram encontradas 1,4 kg de skank e 700 gramas de haxixe.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREIOS
Cadela encontra droga avaliada em R$ 200 mil em encomendas despachadas
ECONOMIA
Senado Federal aprova MP do aumento salário mínimo para R$ 1.045
CORUMBÁ
Cinco funcionários são presas acusadas de venda e receptação de tijolos
PROTOCOLOS
Comitê de ações da UEMS publica Plano de Biossegurança Institucional
POLÍTICA
Planalto teme que quebra de sigilo repercuta na cassação de Bolsonaro
CAPITAL
Homem acusado de esfaquear a mãe e um amigo da ex-mulher é preso
REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher