Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
PONTA PORÃ

Do interior de veículo, homem atira contra namorada de 22 anos

18 janeiro 2020 - 14h37Por Da Redação

Uma mulher de 22 anos foi baleada na madrugada deste sábado, dia 18 de janeiro, no centro de Ponta Porã, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai. Segundo o site Campo Grande News, o autor dos disparos seria o namorado da vítima.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima relatou à polícia que seguia a pé pela rua Marechal Floriano, quando perto de uma boate um veículo desconhecido se aproximou.

Segundo a vítima, o namorado, que estava dentro do carro, efetuou os disparos. Ela foi atingida por um tiro no tórax e encaminhada ao Hospital Regional de Ponta Porã. O projétil ficou alojado no corpo da mulher.

O caso foi registrado como homicídio simples na forma tentada na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVENÇÃO
Bombas flutuantes são ativadas para garantir abastecimento de água em Corumbá
ECONOMIA
Economistas defendem investimentos públicos e taxação de ricos
INCENTIVO
Em segunda edição do programa, UEMS concede 711 auxílios para acesso à internet
POLÍCIA
Idoso é encontrado morto em valeta na região central de Itaporã
DOURADOS
Em MS, interessados em adquirir imóvel podem ter desconto no valor da entrada
ESPORTE
Vasco empata com Bragantino e entra, provisoriamente, no G4
PANDEMIA
Governo aposta que ‘Rastrear’ vai diminuir taxa de contaminação do coronavírus em MS
CONSUMIDOR
Após denúncias, Procon autua seis agências bancárias
PANDEMIA
Em um mês, mais de 5 mil aulas para primeira habilitação foram realizadas de forma online em MS
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Comissão mista se reúne para ouvir formuladores das propostas de reforma tributária

Mais Lidas

ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete
POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
DEODÁPOLIS
Homem morre ao bater moto de frente com caminhonete da patroa