Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

Diretor da Polícia Federal pede que grevistas evitem excessos

12 dezembro 2003 - 14h36

O diretor da Polícia Federal, Paulo Lacerda, afirmou nesta sexta-feira que as negociações salariais entre a Federação Nacional dos Policiais Federais e o governo devem se prolongar até o ano que vem. Para Lacerda, com a proximidade do recesso parlamentar e dos feriados de Natal e Ano Novo dificilmente haverá avanços nas negociações entre o comando de greve e o Ministério do Planejamento.Lacerda disse esperar que os líderes do protesto mantenham o controle e evitem excessos. "Qualquer ato de intransigência ou de violência representaria a quebra de um princípio da atividade policial", disse Lacerda, ao participar da solenidade de formatura de 533 policiais federais na Academia Nacional de Polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Homem é preso ao tentar furtar 1,4 quilo de picanha de mercado
SAÚDE
Mariano, da dupla com Munhoz, é diagnosticado com o novo coronavírus
CORONAVÍRUS
OAB nacional adia publicação dos próximos editais de exame de ordem
POLÍTICA
Governo vai cruzar dados para o pagamento do auxílio de R$ 600
UEMS
Universidade da Melhor Idade suspende aulas por tempo indeterminado
LIVE
Governo de MS amplia benefício a carentes e orienta sobre cuidados em casa
VIOLAÇÃO DE REGRAS
Facebook e Instagram apagam vídeo que mostra passeio de Bolsonaro
CARACOL
Homem tenta matar esposa e esfaqueia homem que a protegia
PROTESTO
Cidades brasileiras registram panelaço contra Bolsonaro pelo 14º dia seguido
REGIÃO
Judiciário de MS destina mais de R$ 570 mil no combate à COVID-19

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta