Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99257-3397

Delegados de Polícia de MT prometem parar por 24 horas

08 maio 2004 - 16h15

Os delegados da Polícia Civil irão paralisar as atividades, por 24 horas, a partir da próxima terça-feira (11). “Os trabalhos serão suspensos às 8h e serão retomados às 8h da quarta-feira subseqüente”, garante o presidente da Associação Mato-grossense dos Delegados de Polícia (Amdepol), delegado Sebastião Finotto. A decisão foi tomada, há pouco, durante a Assembléia da categoria, na sede do Sindicato. Cerca de 70 delegados estavam presentes. Durante a manhã do primeiro dia de paralisação, os delegados farão uma manifestação na avenida Miranda Reis, no centro de Cuiabá. No dia seguinte, eles se reunirão na sede do Sindicato, localizado próximo à entrada do bairro CPA I. De acordo com Finotto, a paralisação é uma forma de pressionar o governo estadual a conceder um reajuste salarial aos profissionais

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde lança guia alimentar de bolso para menores de 2 anos
SAÚDE
Saúde lança guia alimentar de bolso para menores de 2 anos
Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões
BRASIL
Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões
Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos
INTERNACIONAL
Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos
DAC vence o Novo por 3X0, em Campo Grande
DOURADOS
DAC vence o Novo por 3X0, em Campo Grande
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
AQUIDAUANA
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
PANDEMIA
Prorrogada situação de calamidade pública em dois municípios
ABERTO DE TÊNIS
Djokovic confirma retorno ao circuito no Aberto de Miami
MATO GROSSO DO SUL
Executivo envia projeto para criar fundação de apoio à pesquisa e à Educação
VÔLEI
CBV divulga calendário das quartas de final da Superliga Feminina
POLÍCIA
Caminhão com pneus do Paraguai foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
DIÁRIO OFICIAL
Guarda municipal de Dourados condenado por tráfico em SP é demitido
MATO GROSSO DO SUL
Ministro da Justiça lamenta morte de coronel Adib e posta foto antiga do GOF