Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
REGIÃO

Corpo de pescador é encontrado em rio a cinco metros de profundidade

28 janeiro 2020 - 08h03Por Wender Carbonari

O morador do assentamento Banco da Terra, Moises Jeronimo da Silva, de 31 anos, foi encontrado no final da tarde de segunda-feira (27) no rio Vacarias em Nova Alvorada do Sul. Ele estava desaparecido desde domingo (26) quando realizava uma pescaria com amigos. 

De acordo com o site Alvorada Informa, o corpo da vítima estava a cinco metros de profundidade e foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Dourados.

Militares do Corpo de Bombeiros de Maracaju faziam buscas nas águas do Rio Vacarias desde o início da manhã de ontem (27).

Familiares também participaram das buscas, que contou com o trabalho de bombeiros de Nova Alvorada do Sul e equipe de mergulho de Maracaju e Polícia Civil. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Programa estadual financia pesquisa com medicamentos anticâncer
Óculos de sol fazem mesmo a diferença?
SAÚDE & BEM - ESTAR
Óculos de sol fazem mesmo a diferença?
POLÍCIA
Dupla em motocicleta executa morador a tiros em bairro da Capital
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
CAMPO GRANDE
Trabalhador morre após ser atropelado por máquina agrícola em fazenda
IMBRÓGLIO DIPLOMÁTICO
Eduardo Bolsonaro ataca a China em post; embaixada repudia
POLÍCIA
Defesa de assassino alega legítima defesa, família de vítima contesta
PORTO ALEGRE
Funcionária do Carrefour que filmou assassinato de João Alberto é presa
Estuprada pelo cunhado, adolescente será ouvida em depoimento especial
JUSTIÇA
Mãe e filho são proibidos de publicar ofensas em rede social

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
ENTERPRISE
Operação contra tráfico internacional de cocaína cumpre mandado de prisão em Dourados
CAPITAL
Funcionária de restaurante é presa em flagrante após furtar dinheiro do caixa
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia