Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
JARDIM CLÍMAX

Cheiro de maconha leva polícia a prender jovem com arma

07 novembro 2017 - 08h36Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Policiais militares prenderam na noite de segunda-feira (6), Gabriel Henrique da Silva, 21, morador no Jardim Clímax, por posse ilegal de arma de fogo. O flagrante ocorreu na quitinete onde ele reside, localizada na rua Cuiabá.

De acordo com o boletim de ocorrência, a equipe recebeu denúncia de que no local havia forte cheiro de maconha.

Ao chegar à residência, os policiais encontraram Gabriel realizando consumo do entorpecente. Além disso, houve apreensão de revólver calibre 22 com sete munições, porções da droga, dichavador e cachimbo.

Questionado, disse ter desembolsado R$ 600 pela arma para defesa pessoal e pago R$ 10 nas porções da maconha.

O rapaz acabou autuado em flagrante pela posse de arma de fogo, com fiança arbitrada em R$ 2.811.
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

RESGATE
Fuga de brasileira na fronteira teve ajuda da polícia paraguaia
PREVIDÊNCIA
Antecipação do BPC e do auxílio-doença é prorrogada até 30 de novembro
COXIM
“Ele atirou para se defender”, diz defesa de tatuador que matou colega
REGIÃO
UEMS Dourados abre inscrições a Mestrado em Recursos Naturais
POLÍCIA
Pedestre que morreu atropelado por caminhão na BR-262 tinha 39 anos
RACHADINHAS
MP pede que TCU apure se Bolsonaro usou órgãos oficiais em favor do filho
CAPITAL
Advogado preso por morte de PM em acidente consegue liberdade
PARCERIA COM A CHINA
Anvisa libera importação de matéria-prima para vacina do Butantan
MIRANDA
Mulher de 36 anos é multada por atropelado gato intencionalmente
EDUCAÇÃO
UEMS realiza pela 1ª vez Encontro de Iniciação Científica on-line

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade