Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(67) 99659-5905
BARBÁRIE

Casal é preso suspeito de espancar bebê de 1 ano e 7 meses até a morte

17 setembro 2019 - 15h20Por Gizele Almeida

Nesta segunda-feira (16), uma dona de casa de 23 anos e um pedreiro de 25 anos foram presos em flagrante suspeitos de espancar até a morte um bebê de 1 ano e 7 meses de idade. A mulher, mãe do bebê reside junto ao padrasto da criança no Acampamento Tricossi, em Mundo Novo, onde ambos foram presos após confirmação do óbito e constatação dos maus tratos sofridos pelo menor.

A vítima Pedro Bom Fim Oscar, 01, foi encaminhada ao Hospital de Mundo Novo pela mãe, com afirmação de que teria se afogado em casa, com água e necessitava de atendimento. 

Conforme a Polícia Civil, os médicos constataram que a criança apresentava um quadro de parada respiratória, que posteriormente evoluiu para outras duas paradas cardiorrespiratórias. A equipe médica tentou reanimar o bebê por uma hora, porém sem sucesso.

Em posse das informações, a Polícia Civil de Mundo Novo,  coordenada pela delegada Allana Zarelli, iniciou as apurações do caso. A criança foi submetida ao exame de corpo de delito e o perito médico-legista constatou que a morte se deu por choque hemorrágico, provocado por uma lesão no pâncreas. A perícia ainda concluiu que o bebê apresentava várias lesões tanto internas, quanto externas, características de maus tratos.

A Delegada Allana Zarelli, disse que diligências estão sendo realizadas para apuração de todas as circunstâncias do crime e que ainda aguarda resultado de laudos biológicos. 

“No momento nenhuma hipótese está descartada. Há lesões sugestivas de abusos sexuais, mas ainda é cedo para afirmarmos que tenha ocorrido. Por outro lado, há indícios suficientes de que os investigados concorreram para a morte da vítima, razão pela qual estamos lavrando auto de prisão em flagrante e representando pela prisão preventiva de ambos”, esclareceu a delegada.

Ainda conforme a Polícia Civil, no dia 22 de agosto, a criança foi levada pela família ao Hospital Municipal de Mundo Novo, com uma das pernas fraturada em dois lugares. Na ocasião os enfermeiros acionaram o Conselho Tutelar. A mãe disse que a criança havia se machucado no berço, quando provavelmente teria prendido a perna ao tentar descer.

O casal está junto há aproximadamente 8 meses. A dona de casa tem outros dois filhos, um de 5 e outro de dois anos, que assim como Pedro, são frutos de relacionamento anterior. Durante o dia as crianças ficavam na creche e somente o bebê era cuidado pela mãe.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Com eleição adiada, TSE é consultado sobre prazo de Ficha Limpa
RIO AQUIDAUANA
Ambiental multa homem em mais de R$ 5 mil por degradar mata ciliares
ASSEMBLEIA DE MS
Aprovado direito de incluir nome do cônjuge em faturas
CAMPO GRANDE
Hemosul realiza testagens laboratoriais de resultados do Covid-19, porém sem coletas no local
PANDEMIA
Bodoquena, Bela Vista e Terenos solicitam reconhecimento de calamidade pública
BRASIL
Mais de 200 mil candidatos se inscreveram no primeiro dia de abertura do Sisu
BRASIL
Senado aprova convite a Mourão para debater Conselho da Amazônia
CAMPO GRANDE
Na Capital, anta é resgatada após cair em piscina de chácara
DOURADOS
Dono encontra carro que havia locado “depenado” em barracão
ECONOMIA
Dólar fecha em alta com cautela externa por coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
DOURADOS
Adolescente pilota moto embriagado e tio morre após queda na Coronel Ponciano