Menu
Busca sexta, 26 de novembro de 2021
Dourados
32°max
21°min
Campo Grande
31°max
21°min
Três Lagoas
32°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
TRÁFICO

Casal é preso com carga de pasta base de cocaína avaliada em R$ 450 mil

20 outubro 2020 - 19h35Por Da Redação

Um casal foi preso com mais de 30 quilos de pasta base de cocaína quando chegava em Campo Grande, nesta terça-feira, dia 20 de outubro. Everaldo Bitancourt e Graciely Gonçalves da Silva, de 37 e 33 anos, foram abordados na rodovia BR-060 durante ação entre Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) e PRF (Polícia Rodoviária Federal). A carga foi avaliada em mais de R$ 450 mil.

Investigações da Denar apontaram que o casal chegaria em Campo Grande com uma carga de pasta base de cocaína na manhã desta terça-feira, dia 20p de outubro. A informação era de que eles estavam em um veículo Peugeot 308, na rodovia BR-060 e por isso, foi solicitado apoio da PRF.

Com todas as características dos suspeitos e do carro em que estavam, os policiais federais montaram vigilância na rodovia. Pouco antes das 9 horas, eles viram o casal chegar na cidade e abordaram o veículo. Segundo o site Campo Grande News, Everaldo Bitancourt era o motorista e estava com a esposa Graciely Gonçalves da Silva e o filho.

Visivelmente nervoso com a abordagem, o homem falou que veio a Capital visitar os pais, mas entrou em contradição algumas vezes, o que despertou a desconfiança dos policiais. Em uma busca minuciosa no Peugeot 3008, os policiais encontraram 46 tabletes de cocaína, que pesaram cerca de 34 quilos.

Diante do flagrante, Everaldo assumiu o tráfico, afirmou que a esposa não sabia de nada e que receberia R$ 10 mil para levar a droga de Ponta Porã para Três Lagoas. Revelou também que era a segunda vez que transportava droga.

As investigações, no entanto, revelam que Graciely também participava do crime. A mulher é farmacêutica e está no 5º ano de medicina. Conforme registro policial, o casal foi abordado mais de uma vez em barreiras da PRF, sempre na região de Ponta Porã e também na BR-262, já próximo a Três Lagoas. Mas nunca nada de ilícito foi encontrado.

De acordo com o delegado Hoffman D'Ávila Cândido e Sousa, responsável pela investigação, a carga apreendida é avaliada em R$ 450 mil. O casal foi indiciado por tráfico de drogas e associação para o tráfico. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
PGR pede ao STF 10 providências com base em relatório da CPI
GAMELEIRA
Preso é ameaçado após acusações de integrar o Comando Vermelho
LESÕES NA PELE
Estudo associa surto de sarna ao uso indiscriminado de ivermectina
Vítima de homicídio não pode ser sepultada por falta de documento
Vítima de homicídio não pode ser sepultada por falta de documento
CULTURA
Mostra Audiovisual de Dourados anuncia vencedores das categorias
CAPITAL
Ferido com tiro na boca por PRF está na área vermelha de hospital
JUDICIÁRIO
2ª Turma do STF derruba bloqueio de bens de Lula pela Lava Jato
FRONTEIRA
Suspeito de ligação em sequestro e assassinato de colono é preso
IBGE
Censo 2022: Fundação Getúlio Vargas fará concurso para 206 mil vagas
AQUIDAUANA
Homem morre afogado após pular em rio para fugir de fiscalização

Mais Lidas

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Jovem é preso após manter relacionamento com menina de 11 anos em Dourados
DOURADOS
Menina diz que mantinha relações sexuais com acusado de estupro desde os 10 anos
CANIS E URANO
PF deflagra operações com alvos em comum e cumpre mandados em Dourados
DOURADOS
TJ revoga ordem para policial pagar pensão à família de homem que matou no cinema