Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
REGIÃO

Caminhonete roubada com uma tonelada de maconha é recuperada na BR-376

09 julho 2020 - 14h20Por Da redação

A Polícia Militar Rodoviária apreendeu na manhã desta quarta-feira (8), na BR-376 em Ivinhema, 1017 kg de maconha em veículo com registro de roubo/furto, além de prender um homem de 38 anos.

Os policiais deram ordem de parada e logo observaram que o veículo estava carregado com entorpecentes.

Em vistoria, foram encontrados em seu interior e na carroceria, diversos tabletes de maconha. Foi constatado também, que o veículo ostentava placas falsas, sendo que as verdadeiras possuíam registro de roubo/furto oriundo da cidade de Guaporé (RS).

Questionado, o autor, morador de Glória de Dourados, informou que buscou o veículo pronto em Ponta Porã e o levaria até a divisa com o estado de SP pela quantia de 10 mil reais.

Diante dos fatos, o autor recebeu voz de prisão, sendo encaminhado com o veículo e as drogas para a Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Após três dias internado por Covid, deputado tem alta de hospital em MS
ELEIÇÕES
Os partidos e as contas bancárias necessárias
DOURADOS
Populares temem incêndio em ecoponto tomado por galhos secos
DOURADOS
Justiça estende à Funsaud ordem para restabelecer estoques da UPA e HV
PANDEMIA
Com mais duas mortes por Covid, Dourados tem isolamento baixo no Dia dos Pais
CAMPO GRANDE
Filho encontra pai morto ao chegar em casa para celebrar data
RURAL
Preço pago ao suinocultor de MS aumenta, mas custo de produção acompanha alta
ECONOMIA
Mercado financeiro projeta queda de 5,62% na economia este ano
RECEPTAÇÃO
Polícia recupera em MS carro roubado há cinco meses
BRASIL
Presidente do STF é internado em Brasília

Mais Lidas

DOURADOS
Homicídio ocorreu após madrugada de farra e confusões na Jaguapiru
REGIÃO
Professora morre ao ter moto atingida por carro
PANDEMIA
Paciente internado em Dourados morre de coronavírus
DOURADOS
Acidente entre carro e moto deixa homem em estado gravíssimo