Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
CAPITAL

Cabeleireira de 57 anos é encontrada morta no banheiro de residência

23 setembro 2020 - 06h14Por Da Redação

Uma cabeleireira identificada como Lucia Cavalcanti de Oliveira Menegazzo, de 57 anos, foi encontrada morta no banheiro da casa dela, na noite desta terça-feira, dia 22 de setembro, na Vila Nova Campo Grande, em Campo Grande. Segundo o site Midiamax, o caso foi registrado como morte a esclarecer e suspeita-se de que ela tenha sofrido uma queda no banheiro e batido com a cabeça.

Consta no registro policial, que o filho de Lucia trabalhava no salão de cabelereiro, que fica na parte de frente da casa. Ele então sentiu falta da mãe e a encontrou muito machucada no banheiro.

Ele então chamou por vizinhos que acionaram o Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). No momento em que os socorristas chegaram ao local, a vítima estava ao solo do banheiro com cianose arterial, ausência de pulso arterial e rigidez, com trauma de face com sangramento na cavidade oral. O caso foi registrado na Depac Centro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Foragido da Justiça por homicídio é preso na Capital
LEGISLATIVO DE MS
Mesa Diretora atualiza medidas temporárias de funcionamento da Assembleia
DOURADOS
Município aprova projeto de biossegurança de mais uma unidade de ensino
BRASIL
Banco Mundial aprova empréstimo de US$ 1 bi para ampliar Bolsa Família
REGIÃO
Bombeiros encontram corpo de mulher desaparecida em rio há uma semana
MATO GROSSO DO SUL
Decreto Legislativo ratifica convênios, protocolos e ajustes do Confaz
ECONOMIA
MS é o 5º maior gerador de empregos do país no acumulado de 2020
INTERNACIONAL
Total de mortos por terremoto em regiões da Turquia pode passar de seis
OPINIÃO
Coronavírus cancela o Carnaval
REGIÃO
Após homem ameaçar irmã, polícia apreende espingarda e munições em assentamento

Mais Lidas

PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
BRASIL
Acusado de matar ator Rafael Miguel e os pais é preso no Paraná
VILA VARGAS
Hotéis em distrito de Dourados eram utilizados como entreposto do contrabando
DOURADOS
Funcionário do CCZ é agredido a pauladas durante trabalho de fiscalização