Menu
Busca sexta, 27 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
CORUMBÁ

Bombeiro é chamado de 'negro' e acusado acaba preso por injúria

30 dezembro 2019 - 13h30Por G 1

Era para ser mais um atendimento comum a acidente de trânsito para o sargento do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, Clodoaldo Gomes da Silva. No entanto, o homem que o militar tentava preservar a vida, o chamou de 'seu negro, seu negrinho', ameaçou agredi-lo e a ocorrência terminou na delegacia de Polícia Civil, com prisão.

O acidente aconteceu por volta das 15 horas, deste domingo, dia 29 de dezembro, na avenida Rio Branco, uma das mais movimentadas de Corumbá, cidade localizada na região de fronteira com a Bolívia. O homem de 45 anos bateu o carro que dirigia em uma árvore, estava sozinho no veículo e recusou ser levado para atendimento médico.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e o Corpo de Bombeiros estiveram no local como procedimento padrão e enquanto aguardavam a chegada da Polícia Militar, o condutor tentou fugir, ofendeu o sargento e já na delegacia, fez ameaça de morte a um policial.

"Ele queria atravessar a rua, uma via super rápida, a pé, cambaleando. Depois, queria sair com o carro, que estava com a frente destruída e inclinado a 30°. Se ele entrasse no carro, iria cair", conta Clodoaldo, de 44 anos, sendo metade deles como bombeiro.

Ao impedir que o condutor saísse, o sargento foi vítima da injúria racial. "Ele veio pra cima de mim e falou: seu negro, seu negrinho, se não deixar eu sair eu vou bater em você", lembra o bombeiro, que deu voz de prisão ao homem.

A PM chegou em seguida, o condutor não aceitou fazer o teste do bafômetro e saiu algemado do local. "Ele tem quase 2 metros de altura".

De acordo com informações do boletim de ocorrência, no batalhão de polícia, o condutor ainda ameaçou matar um cabo da PM. "Sua esposa vai ficar viúva. Se cuida que vou te encontrar na rua".

O homem afirmou aos policiais que estava ingerindo bebida alcoólica desde às 11 horas e foi verificado que ele não tem habilitação para dirigir.

Diante de toda a situação, o homem foi preso em flagrante por quatro crimes: Injúria racial, dirigir embriagado, resistência e ameaça. Ele foi ainda multado por dirigir sem habilitação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DENGUE
Pesquisadores da UFGD criam alternativas no combate ao Aedes aegypti
CAMPO GRANDE
Laudo da perícia confirma que corpo carbonizado é de chargista
BRASIL
Corretoras poderão atuar com pagamentos de boletos a partir de janeiro
Venezuelano saiu de MS é preso com 30 cápsulas de cocaína no estômago
SÃO PAULO
Venezuelano saiu de MS é preso com 30 cápsulas de cocaína no estômago
PRAZOS
Contran divulga novo calendário para renovação de CNH
SAÚDE
Boulos testa positivo para Covid, e debate da Globo é cancelado
DOURADOS 
Sem chuva, previsão indica final de semana quente e umidade baixa
LEVANTAMENTO
MS tem 805 mil empregados; 9° maior percentual de registros em carteira do país
UEMS
Live sobre novo gerenciador do e-mail institucional será nesta sexta
FUTEBOL
Após vitórias, seleção mantém 3ª posição do ranking da Fifa

Mais Lidas

DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
DOURADOS
Júri condena membros de grupo de extermínio a mais de 100 anos de prisão
PEDRO JUAN
Quatro corpos são encontrados enterrados na fronteira
BONITO
Mãe de bebê também morre após carro bater em coqueiro na MS-382