Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
PANTANAL

Bolivianos são presos por pesca ilegal em MS

27 dezembro 2019 - 10h20Por Da Redação

O Comando da Polícia Militar Ambiental está deslocando equipes de outras Subunidades para reforçar a fiscalização no Pantanal na operação piracema, principalmente, para a região de fronteira com o Paraguai e Bolívia, área crítica, porque pescadores paraguaios, bolivianos e brasileiros armam muitos petrechos ilegais nos rios, normalmente à noite, pela facilidade de fuga em território dos países vizinhos caso sejam surpreendidos pela fiscalização.

Ontem (26/12) à tarde, Policiais Militares Ambientais de Mundo Novo, que reforçam a operação piracema no Pantanal, prenderam quatro bolivianos por pesca e transporte de produto da pesca predatória.

A apreensão ocorreu no rio Paraguai, próxima a cidade boliviana de Baia Negra, onde os infratores residem, a cerca de 200 km de Corumbá pelo rio. Eles estavam em uma embarcação com motor de popa e transportavam em uma caixa térmica, 40 Kg de pescado das espécies Pintado e Cachara.

Os peixes estavam frescos, indicando que foram capturados durante o período de piracema, ainda não tinham cabeça e vários exemplares apresentavam-se abaixo da medida permitida pela legislação. Os infratores afirmaram que adquiriram o pescado na cidade Boliviana de Baía Negra. O pescado, o barco e o motor foram apreendidos.

Os infratores, de 45, 43, 55 e 60 anos, responderão por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

A PMA continuará revezando as equipes em fiscalização preventiva, fundamental para evitar a depredação dos cardumes, neste período crítico de piracema.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Modelo é estuprada sob ameaça e usa rede social para falar do crime
POLÍTICA
Maia diz que visita de secretário de Trump afronta autonomia do Brasil
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 22 mil por desmatamento ilegal de vegetação nativa
FUTEBOL
Prefeitura do Rio autoriza volta do público aos jogos no Maracanã
CAPITAL
Um dia após pedir medida protetiva, mulher tem pertences incendiados
RECURSOS NATURAIS
Egressa da UEMS desenvolve cosméticos artesanais veganos
SÃO GABRIEL
Censurado, outdoor anti-bolsonarista amanhece com Artigo da Constituição
UFGD
Inscrições ao Vestibular de Licenciatura em Letras-Libras começam 2ª-feira
BRASILÂNDIA
Após ganhar liberdade, mulher que matou homem volta para prisão
RECURSOS
União deposita R$ 20 milhões da Lei Aldir Blanc para Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

PERIGO POTENCIAL
Vendaval pode atingir Dourados e outras 35 cidades de MS, segundo alerta do Inmet
DOURADOS
Mulher estaciona em vaga preferencial e é xingada por médico
ELEIÇÕES 2020
Convenções chegam ao fim e sete nomes são lançados à prefeitura de Dourados
FRONTEIRA
Estudante morre após procedimento estético em clínica clandestina