Menu
Busca sábado, 15 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
CAMPO GRANDE

Após se negar a fazer comida, mãe é agredida pela filha

16 julho 2020 - 07h28Por Da Redação

Mulher de 44 anos foi agredida pela filha de 21 na noite de ontem (15/7), em Campo Grande. O fato ocorreu após ela se negar a fazer a janta à jovem. Ela procurou a polícia e denunciou o caso, solicitando medida protetiva.

Conforme o Midiamax, a mãe estava em casa quando a jovem chegou e disse que ela não poderia ficar sozinha. Em seguida ordenou que a mãe fosse cozinhar, mas ela se negou.

Logo depois a mulher a agrediu com socos no olho e na cabeça e também teve o cabelo puxado. Além disso, a filha só parou de agredir a mulher após ela ter um sangramento no supercílio.

A mãe procurou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e registrou o boletim de ocorrência por lesão corporal dolosa, qualificada pela violência doméstica.

A vítima ainda pediu medida protetiva contra a filha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Recurso destinado por Marçal beneficia Lar do Idoso com veículo
APARECIDA DO TABOADO
Dois morrem após carreta carregada com sementes tombar em curva
BOLETIM
Dourados confirma mais duas mortes por coronavírus
MS/PR
Casal é preso em balsa com mais de 7kg de haxixe
PANDEMIA
MS registra mais de mil novos casos de Covid e sete mortes em um dia
TRÊS LAGOAS
Briga generalizada em bar termina com homem esfaqueado nas costas
MISSÃO ESPECIAL
Delegação brasileira que viajou ao Líbano retorna ao país
PREVISÃO DO TEMPO
Dourados tem alerta de tempestade e final de semana deve ser chuvoso
FUTEBOL
Timão, Fla e Palmeiras entram em campo hoje pelo Brasileirão
DOURADOS
Após se ‘autodenunciar’, mulher é presa com maconha na rodoviária

Mais Lidas

DOURADOS
Fogo destrói lanchonete, invade loja e queima várias motocicletas
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades
PANDEMIA
Prefeitura autoriza abertura de bares e flexibiliza funcionamento de outros setores
DOURADOS
Operação 'Gambiarra' mira reformas de escolas municipais pagas por secretária em nome de empresa