Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Após funilaria pegar fogo, polícia encontra homem morto no banheiro

25 agosto 2019 - 08h15Por Da redação

Nilson Correa Barbosa, de 59 anos, foi encontrado morto em uma funilaria na Avenida Calógeras, no Centro de Campo Grande. O corpo foi encontrado no banheiro do estabelecimento, que havia sido consumido por incêndio.

Conforme noticiado pelo MídiaMax, os bombeiros foram acionados na madrugada e, após conterem as chamas e encontrar Nilson, o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamado.

O médico da unidade constatou a morte da vítima por volta das 2h22 e após o registro, a Polícia Civil e a perícia foram acionadas.

Ainda segundo o site, o proprietário da funilaria foi chamado e ele se identificou como irmão da vítima. Aos policiais, ele disse que Nilson morava e trabalhava no comércio. Nenhuma documentação foi encontrada no local.

O caso foi registrado como ‘incêndio’ e ‘morte a esclarecer’ na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e as causas serão investigadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: número de mortes no Brasil sobe para 136
COVID-19
Estado confirma mais cinco casos de coronavírus; Dourados segue com dois
INTERNACIONAL
Novo embaixador dos Estados Unidos chega ao Brasil
MATO GROSSO DO SUL
Bombeiros fazem alerta para aumento de 133% na quantidade de incêndios
DEFENSORIA PÚBLICA
DPU cria canal para denúncias durante o enfrentamento ao coronavírus
MATO GROSSO DO SUL
Calendário de vacinação contra aftosa será mantido
BRASIL
Bolsonaro dá passeio em Brasília após Mandetta enfatizar isolamento
ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir em touro em cidade do interior
ESTAVA NA PED
Mato-grossense é preso com por tráfico de drogas em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Estado avisou sobre contato entre douradense e morador da Capital com Covid-19
AQUIDAUANA
Quatro homens são autuados em R$ 10,4 mil por pesca predatória em MS