Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Após depoimento, convivente de mulher morta no Parque Alvorada é liberado

24 dezembro 2019 - 08h15Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Homem de 57 anos encaminhado na tarde de ontem (23/12) à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) para prestar depoimento sobre a morte de uma mulher no Parque Alvorada, em Dourados, foi ouvido e liberado. Ele era suspeito por feminicídio. O assassinato aconteceu na rua Sônia Maria Lange Volpato. 

Segundo a polícia, não ficou constatado nesse momento a participação dele no crime. 

A vítima, identificada como Maria, era convivente dele e foi esfaqueada no peito e nas mãos. Em seguida, teve parte do corpo carbonizado, conforme mostrado pelo Dourados News

O homem ainda citou que o filho da mulher, usuário de drogas, poderia ter cometido o fato. O caso segue em investigação. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Dólar fecha em queda com exterior e dados de varejo
DESMATAMENTO
Gaúcho leva multa de R$ 33 mil por crime ambiental praticado em MS
EDITAL CORONAVIDAS
Extrato - Edital 001/2020 – Chamada Pública
POLÍTICA
TJMS libera Dagoberto Nogueira de pagar mais de R$ 500 mil por propaganda irregular
PERSEGUIÇÃO
Homem morre após capotar carro com 1,7 mil pacotes de cigarros durante fuga
EDUCAÇÃO
MEC anuncia que Enem será em 17 e 24 de janeiro de 2021
EM CORUMBÁ
Homem assassinado a tiros durante a madrugada tem 30 anos
TRÊS LAGOAS
Mantida condenação de mãe e filho que mentiram em testemunho durante audiência
LEVANTAMENTO
MS registra média de 100 novos casos de dengue por dia
BRASIL
Promotor diz que Ricardo Eletro usa sonegação como política de negócio

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar secretário pode ter tido surto de esquizofrenia
BR-163
Casal que morreu ao bater em carreta morava em Campo Grande
PANDEMIA
Dourados confirma mais três óbitos por coronavírus e ultrapassa 3 mil casos
PANDEMIA
Comerciante de 45 anos é a 37ª vítima do coronavírus em Dourados