Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
MEIO AMBIENTE

Ambiental fecha carvoarias e autua proprietários rurais em R$ 2 mil

17 novembro 2017 - 10h04Por Da Redação

Durante fiscalização realizada no assentamento Gleba Azul, no município de Ivinhema, Policiais Militares Ambientais de Batayporã localizaram na tarde desta quinta-feira, dia 16 de novembro, duas carvoarias que funcionavam sem a licença ambiental.

A madeira para enchimento dos fornos utilizada no fabrico do carvão era de eucalipto, que não precisa de autorização ambiental.

As carvoarias que funcionavam próximas, cada uma com um forno, foram interditadas. Os proprietários rurais, de 62 e 68 anos, residentes no assentamento, foram autuados administrativamente e multados em R$ 1.000,00 cada um, por funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental. Eles também responderão por crime e poderão pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Comarca de Bandeirantes abre inscrições para seleção de estagiários
SEGURANÇA
PF vai utilizar drones para fiscalizar eleições municipais
ECONOMIA
Dólar fecha em queda nesta segunda-feira
DOURADOS
Jovens fazem "limpa" em loja de calçados no shopping e são presas
FUTEBOL DE MS
Reunião define retorno do Estadual e realização do Sub-19
CALAMIDADE PÚBLICA
Árvores derrubadas por vendaval em Dourados começam a ser retiradas das ruas
DOURADOS
Rombo em cerca faz capivaras deixarem parque e eleva risco de acidentes em via movimentada
AMAMBAI
Traficante capota e abandona carro com mais de 600kg de maconha
BRASIL
Vacinação “não é uma questão de Justiça”, mas de saúde, diz Bolsonaro
IRREGULARIDADE
Funcionária de conveniência que vendeu bebida a adolescente é multada

Mais Lidas

DOURADOS
Guarda encerra festa organizada por adolescente em plena pandemia, apreende droga e até arma artesanal
DOURADOS
PM é acionada e consegue evitar suicídio de homem em hotel
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares
DOURADOS
Homem é socorrido às pressas após levar golpes de facão na cabeça