Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
(67) 99659-5905
APÓS FESTA OPEN BAR

Acusado de matar menor em Dourados é preso no Mato Grosso após 4 anos

10 dezembro 2019 - 10h15Por Da Redação

Renato N.P., 29, foi preso no final da tarde de segunda-feira (9/12) no bairro Capim Clube, em Sinop (MT) apontado como autor do homicídio que vitimou Fabio Henrique Rosendo de Carvalho, 17.

O crime ocorreu em outubro de 2015 próximo a chácara do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Dourados), na região Sudoeste da cidade, relembre aqui.

Policiais militares de Dourados receberam há quatro meses a denúncia de que o acusado poderia estar no interior mato-grossense e contataram agentes federais e da PM daquele Estado.

A força-tarefa acabou localizando Renato na noite de ontem (9) e o encaminhou até a delegacia de Sinop. 

O homem estava foragido desde o crime e possuía um mandado de prisão em aberto expedido pela justiça de Dourados.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Receita alerta para retorno de obrigações adiadas na pandemia
DOURADOS
Câmara e PreviD definem data de audiência que debaterá suspensão dos débitos previdenciários no município
DOURADOS
Campanha de vacinação contra o sarampo segue até 31 de agosto
MATO GROSSO DO SUL
Encontro anual de Observatórios discute fortalecimento das pesquisas e suas contribuições com a situação atual do turismo
DOURADOS
Tiroteio no Estrela Porã deixa dois homens feridos
FAMOSOS
Morris, par de Naya Rivera em 'Glee', quer conduzir grupo de buscas pela atriz
BRASIL
Leila Barros confirma que contraiu covid-19
BRASIL
Embrapa coleta bactérias e fungos com potencial econômico na Amazônia
OPORTUNIDADE
IFMS tem inscrições abertas para 120 vagas em cursos de especialização
ESPORTES
Semana será marcada pelo 1º Camping Virtual de Parataekwond

Mais Lidas

BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus