Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(67) 99659-5905
FRONTEIRA

Abraji deve incluir assassinato de Veras no programa investigativo "Tim Lopes"

13 fevereiro 2020 - 16h35Por Wender Carbonari

A Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) emitiu nota nesta quinta-feira (13) lamentando a morte do jornalista brasileiro Lourenço Veras, conhecido como Léo Veras, assassinado com 12 tiros na cidade paraguaia Pedro Juan Caballero na noite de ontem (12).

A instituição informou que está avaliando a inclusão do caso no Programa Tim Lopes, que apura assassinatos de jornalistas e comunicadores no exercício da profissão. Atualmente o programa investiga as mortes dos radialistas Jefferson Pureza (GO) e Jairo de Sousa (PA).

A Abraji também cobrou agilidade das autoridades nos esclarecimentos das circunstâncias do crime. “Todo assassinato de jornalista é uma tentativa de calar o mensageiro, comprometendo a liberdade de imprensa”, pontua.

Veras respondia pelo site de notícias Porã News, que noticia a disputa do narcotráfico na fronteira entre Brasil e Paraguai, e já havia recebido ameaças de morte. 

“A Abraji se solidariza com a família, os colegas de profissão e os amigos do jornalista. E reitera a necessidade de autoridades acompanharem, com rigor, ameaças a jornalistas e comunicadores. É dever do Estado prover todos os meios possíveis para garantir a segurança dos profissionais de imprensa”, diz o texto divulgado pela Associação.

MARCADO

Léo Veras trabalhava havia mais de 15 anos na região de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com a cidade sul-mato-grossense de Ponta Porã, uma das principais portas de entrada de drogas e armas no Brasil. 

Em 2017, Léo Veras falou com o Programa Tim Lopes, projeto da Abraji, sobre o assassinato dos colegas jornalistas Paulo Rocaro e Luiz Henrique “Tulu” em Ponta Porã. 

Na época, Veras relatou que ele e a esposa quase não participavam de eventos sociais públicos, por medo da violência: “Eu sempre peço que não seja tão violenta a minha morte, com tantos disparos de fuzil”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Empresa de alimentos é condenada por erro em emissão de nota fiscal
ECONOMIA
Em recuperação, faturamento da indústria cresce 11,4% em maio
MATERNIDADE
HU orienta sobre exame no recém-nascido durante o período de pandemia
ECONOMIA
Saldo da balança comercial de MS no 1º semestre cresce 28,27% e chega a US$ 1,99 bilhão
DOURADOS
MPF e MPT recomendam que hospital acelere abertura de novos leitos de UTI
RIO DE JANEIRO
Helicóptero de pequeno porte cai na Baía de Guanabara
PARANAÍBA
Carro furtado é recuperado abandonado em avenida
POLÍCIA
Homem é executado com cinco tiros em comércio de Coxim
NIOAQUE
Motorista bêbado é preso após tentar fugir de abordagem policial
ECONOMIA
Dólar fecha em alta nesta segunda-feira e vai a R$ 5,35

Mais Lidas

DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
DOURADOS
Adolescente pilota moto embriagado e tio morre após queda na Coronel Ponciano