Menu
Busca quinta, 22 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Zeca tem 62% de aprovação aponta pesquisa Ibrape/Correio

08 janeiro 2004 - 10h07

Pesquisa do Ibrape divulgada na edição desta quinta-feira, 8, do jornal “Correio do Estado” aponta que o governador Zeca do PT tem a melhor avaliação popular desde que assumiu o governo do Estado em 1999, com um índice de 62% de ótimo/bom, 27% de regular e apenas 9% de ruim/péssimo, enquanto2% dos entrevistados não opinaram. O levantamento foi feito entre os dias 2 de novembro e 22 de dezembro com 10.888 pessoas em 48 municípios das oito regiões do Estado, e sua margem de erro é de três pontos percentuais. Segundo a matéria do jornalista Ico Victorio que avalia a pesquisa, e que é a manchete do jornal de hoje, somente no ano passado o índice de aprovação do governador subiu 18 pontos percentuais, já que em avaliação feita nos mesmo 48 municípios com 11.620 entrevistados em 18 de fevereiro de 2003 ele tinha um percentual de 44%.Esse percentual de aprovação ao governador, segundo revelam os dados da pesquisa estaria relacionado ao investimento que o governo do Estado tem feito para promover a inclusão social em Mato Grosso do Sul, beneficiando as famílias de baixa renda com programas como o Bolsa Escola e o Segurança Alimentar, que juntos atendem 80 mil famílias, e ao índice de aprovação ao modo de administrar do próprio Partido dos Trabalhadores, que através de processos com as prévias para a escolha de seus candidatos a prefeitos nas próximas eleições, exercita a própria democracia. O levantamento destaca ainda que a região do Estado em que Zeca apresenta o maior índice de aprovação é a Sudoeste, formada pelos municípios de Jardim, Guia Lopes da Laguna, Bela Vista, Caracol, Bonito e Porto Murtinho, onde ele tem 69% de ótimo/bom, 24% de regular e apenas 6% de ruim/péssimo. Em Campo Grande, o índice de aprovação ao governador supera a média de todo o Estado, com 64% de ótimo/bom, 26% de regular e apenas 9% de ruim péssimo, o que segundo o jornalista representa um crescimento de 23 pontos percentuais em relação ao último levantamento feito em fevereiro de 2003, e que é reflexo da expectativa da população da Capital em relação a melhoria das condições de vida em razão do alinhamento do governo do Estado com o governo federal e também das políticas de inclusão do Executivo Estadual. A pesquisa mostra também que 74% dos entrevistas aprovam o governo Zeca como um todo, que 64% confiam no governador e que 51% tem a expectativa de que a administração estadual melhore ainda mais. No geral, o governador teve uma média de 6,6 de todas as notas atribuídas a sua administração. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Presidente da Assomasul vai a Brasília e se encontra com Azambuja 
REGIÃO
Presidente da Assomasul vai a Brasília e se encontra com Azambuja 
Proprietários rurais de MS são orientados sobre prevenção aos incêndios 
OPERAÇÃO `PROLEPSE
Proprietários rurais de MS são orientados sobre prevenção aos incêndios 
Prefeitura inicia pavimentação asfáltica no Jardim das Primaveras
DOURADOS
Prefeitura inicia pavimentação asfáltica no Jardim das Primaveras
Namorado diz que roubava com professora morta para comprar cocaína
ANDERCI
Namorado diz que roubava com professora morta para comprar cocaína
Ciclista sul-mato-grossense de 16 anos é contratado por equipe portuguesa
GERAL
Ciclista sul-mato-grossense de 16 anos é contratado por equipe portuguesa
MEIO AMBIENTE
Ambiental recolhe 4 filhotes de coruja de forro de residência em reforma
EDUCAÇÃO
UEMS divulga 3ª convocação para matrículas de 22 a 26 de abril
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Em depoimento, suspeito disse que matou irmão a tiros após ser ameaçado
LOTERIA
Confira as dezenas sorteadas da Mega-Sena; prêmio é de R$ 2,5 milhões
Operação da Polícia Federal apreende R$ 300 mil em notas falsas

Mais Lidas

TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados
CLIMA
Dourados pode ter mínima abaixo de 10 graus na próxima semana, indica previsão 
BR-163
Mulher encontrada carbonizada estava desaparecida desde sábado
DOURADOS
Grupo receberia comissão se conseguisse negociar carga de maconha no Água Boa