Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Zeca inaugura e lança obras no aniversário da Capital

20 agosto 2005 - 11h52

O governador Zeca do PT cumprirá agenda de entrega, lançamento de obras, visitas técnicas, entre os dias 22 e 25 de agosto, na semana que antecede o aniversário de Campo Grande, comemorado no dia 26 agosto. São obras e empreendimentos nas áreas de segurança pública, infra-estrutura e saúde. Nos últimos seis anos, os investimentos do governo do Estado em Campo Grande somaram mais de R$ 234 milhões.Está previsto para a segunda-feira 22, às 9 horas, a entrega das obras do prédio da Diretoria Geral da Polícia Civil (DGPC), no valor de R$ 1,7 milhão. O ato acontece na rua Desembargador Leão Neto do Carmo, Jardim Veraneio. No mesmo dia, às 15 horas, o governador Zeca do PT deve vistoriar as obras de construção do Centro Popular de Cultura, Esporte e Lazer no bairro Nova Lima (rua Santa Augusta), cujos investimentos são de aproximadamente R$ 2,4 milhões.Na terça-feira, dia 23, às 9 horas, será formalizada a entrega das 195 casas do projeto PAR (Programa de Arrendamento Residencial), da Caixa Econômica Federal, no bairro Canudos I e II. O valor total investido foi de quase R$ 4,2 milhões. A entrega acontece na rua Michel Calarge, esquina com a rua Carriça, Jardim Colibri. No mesmo dia, às 15 horas, o governador faz visita técnica à obra de revitalização do Memorial da Cultura (antigo prédio do Fórum), na avenida Fernando Corrêa da Costa.Na quarta-feira, dia 24, um ato de governo promove, às 9 horas, a entrega do prédio do subgrupamento de Bombeiro, no valor de quase R$ 577 mil; e da viatura autobomba salvamento, no valor de R$ 467 mil. Na ocasião, será assinado autorização de convênio com o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar para doação de sangue; e a autorização para licitar a compra do fardamento para todo o efetivo do Estado (investimento de R$ 1 milhão). Haverá ainda o lançamento do novo modelo da carteira de identidade dos Bombeiros Militares, que, atendendo uma antiga reivindicação da categoria, substitui as antigas carteiras funcionais e passam a valer como documento de identidade. O ato acontece na rua 14 de Julho, esquina com a 7 de Setembro. Ainda na quarta-feira, a partir das 15 horas, o governador Zeca do PT visita as obras de construção da novo Museu Dom Bosco, no Parque das Nações Indígenas, projeto fruto de parceria entre a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) e o governo do Estado de Mato Grosso do Sul, e que disponibilizará um dos acervos mais diversificados do Estado e reconhecido mundialmente.Na área da saúde, os campo-grandenses recebem, na quinta-feira 25, num ato de governo, às 9 horas, os equipamentos completos de angiografia digital para o setor de hemodinâmica do Hospital Regional (HR), no valor de R$ 2 milhões. Será inaugurado ainda, no hospital, o ambulatório de terapia nutricional e combate à desnutrição. O ato de governo celebrará a retomada do projeto de humanização do HR, que busca atendimento de saúde mais humanizado, com ambiente de brinquedos para crianças e áreas verdes no hospital, por exemplo; a retomada do projeto do Centro de Estudos (local onde os médicos e residentes podem fazer pesquisas); o credenciamento da hemodiálise pelo Ministério da Saúde e o convênio com a UCDB para os setores de enfermagem, nutrição e fonoaudiologia do hospital. O HR será beneficiado ainda com o lançamento do edital de concurso público para preenchimento de 560 cargos e com a criação da ouvidoria do hospital (espaço onde os pacientes e a comunidade podem dar sugestões e fazer denúncias).Desde o início do governo Zeca do PT até 2004, as maiores somas foram aplicadas nas áreas de assistência social, através da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária (R$ 89 milhões); de infra-estrutura, através da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos, R$ 47 milhões; e de habitação, através da Agehab (Agência de Habitação Popular), R$ 21 milhões. No mesmo período, o Estado transferiu à capital quase R$ 443 milhões relativos ao ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), mais de R$ 86 milhões relativos ao IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e mais de R$ 27 milhões relativos a outros recursos, como FIS (Fundo de Investimentos Sociais), royalties de Petróleo, ICMS Ecológico, Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) e IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), totalizando R$ 557 milhões em transferências constitucionais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
ECONOMIA
Senadora Soraya Thronicke reforça retomada do setor de eventos de MS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
DOURADOS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
ESCALADA DA PANDEMIA
Brasil registra mais 1.824 mortes por Covid-19 e chega a 353,3 mil
CORUMBÁ
Mulher pede para marido prender cachorros e é agredida com coleira
Médicos e policiais fazem mobilização sobre novas regras de trânsito
SIDROLÂNDIA
Após bebedeira, homem bate em filho e é esfaqueado pela esposa
BRASIL
Exército confirma 1ª morte de um militar da ativa vítima da Covid-19
FUTEBOL
Dourados volta a vencer Águia Negra e fecha fase na liderança
CORONAVÍRUS
Ator Paulo Gustavo segue internado e boletim diz que situação é crítica

Mais Lidas

HOMICÍDIO
Jovem é morta com tiros de escopeta em Itaporã
DOURADOS
Motociclista tem suspeita de fratura nas pernas após ser atingido por carro
ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
PANDEMIA
Covid mata 11 pessoas em Dourados em dia de 149 novos casos