Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Zeca do PT e Longo discutem reestruturação da Agesul

25 outubro 2004 - 13h02

O governador Zeca do PT esteve reunido na manhã de hoje com o diretor-presidente da Agesul (Agência Estadual de Empreendimentos), Carlos Augusto Longo Pereira, para discutirem a reestruturação da Agência, que terá extinguido de seus quadros determinados cargos que tinham função política. “Estas mudanças vão dinamizar a Agesul”.Durante a reunião também foi tratado sobre a construção da nova rodoviária de Campo Grande. “Com a nova destinação a rodoviária iniciada por Pedro Pedrossian [ex-governador do Estado], que será transformada em um centro de lazer e cultura, agora quero conhecer a proposta para a nova rodoviária da Capital”, disse Zeca.Outro ponto discutido durante a reunião foi o programa de asfaltamento urbano para os municípios do interior do Estado.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Usina sucroenergética é multada em R$ 2,550 mi por incêndio em matas
BRASIL
Deputados aprovam texto-base de projeto sobre regularização fundiária
Avião apreendido com cocaína é de piloto do MS preso por tráfico
EDUCAÇÃO
UFGD oferece vagas em disciplinas isoladas em mestrado e doutorado
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
MEIO AMBIENTE
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
FUTEBOL
Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende 310 quilos de maconha e 16,5 quilos de skunk na BR-376
REGIÃO
Agosto Lilás, lança campanha de enfrentamento à violência doméstica
Arara-canindé morre eletrocutada após bater em fiação de energia
COMISSÃO
Deputados convocam Braga Netto a explicar suposta ameaça às eleições

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
DOURADOS
Motorista embriagado foge, causa acidente e termina preso