Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

Zeca do PT discute hoje gasoduto e pólo cerâmico no Rio

13 janeiro 2004 - 08h25

O governador Zeca do PT tem quatro audiências agendadas para hoje, dia 13 de janeiro, no Rio de Janeiro, com diretores da Petrobras e do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). A primeira audiência será às 11 horas (horário local), com o diretor Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró. Em seguida, ao meio-dia, Zeca reúne-se com o diretor de Gás e Energia da estatal, Djalma Rodrigues.O assunto a ser tratado em ambas as audiências é a definição do traçado do gasoduto que ligará Mato Grosso do Sul ao Distrito Federal, passando por Goiânia (GO). O governador estará acompanhado dos prefeitos Oswaldo Mochi Jr (PMDB-Coxim), Adão Rolim (PDT-São Gabriel do Oeste) e Moisés Nery (PMDB-Camapuã). Eles querem que o gasoduto parta de Campo Grande e passe pela região Norte do Estado, rumo a Goiás e daí para Brasília. O governador compartilha da mesma idéia e vai levar essa proposta aos diretores da Petrobras. No seu entender, não tem sentido construir um gasoduto numa região onde não há demanda por energia, referindo-se à cogitação de que o ramal partiria de Rio Pardo.Na parte da tarde Zeca reúne-se, às 15 horas, com o presidente do BNDES, Ricardo Lessa. O governador estará acompanhado do vice-ministro de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai, Atílio Heiseck, que na ocasião deve formalizar o pedido de financiamento de US$ 107 milhões para a construção de uma nova ponte sobre o Rio Paraguai, entre Porto Murtinho e a Colônia Carmelo Peralta (Paraguai), além da pavimentação de 265 quilômetros da rodovia entre Carmelo Peralta e Filadélfia, no território paraguaio. Desta forma estará concretizada a primeira ligação bioceânica da América do Sul.Às 16h30 o governador tem audiência com o diretor de Comércio Exterior do BNDES, Luiz Eduardo Melin. Dessa reunião também participam os prefeitos do Norte do Estado, que buscam financiamento do bando para a implantação de um pólo cerâmico na região. Zeca acredita na viabilidade do projeto e prometeu engajar-se para concretiza-lo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Vítima fatal do coronavírus foi infectada por irmã que esteve na Bélgica
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
No dia da 1ª morte, MS tem mais quatro casos positivos de coronavírus
PREVENÇÃO
Opas defende isolamento social como melhor opção de combate à covid-19
INVESTIMENTO
No valor de R$ 1,3 milhão, edital auxilia artistas prejudicados com a pandemia do coronavírus
CORONAVÍRUS
Assembleia mantém atividades suspensas e prorroga prazo até 17 de abril
CORONAVÍRUS
Após primeira morte em MS, secretário reforça: "Fique em casa"
POLÍTICA
Após ganhar na Justiça e deixar PSL, DEM pode ser destino de Coronel David
COVID-19
Primeira vítima do coronavírus no Estado era fumante e fazia tratamento de saúde há quatro anos
ABASTECIMENTO
Na quarentena, Sanesul alerta para economia de água em MS
CORONAVÍRUS
Para evitar aglomeração, prazo de validade dos medicamentos é ampliado

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta