Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Zeca do PT busca investimentos externos para biodiesel

04 julho 2005 - 07h15

A última agenda do governador Zeca em Londres abriu caminho para investimento europeu na produção de biodiesel. Em encontro promovido pela área Comercial da Embaixada Brasileira, na última sexta-feira, ao lado do deputado Paulo Corrêa, do secretário de Produção, Dagoberto Nogueira, e dos prefeitos de Maracaju, Maurílio Azambuja, de São Gabriel do Oeste, Adão Rolim, de Chapadão do Sul, Joselito Krug, e de Sidrolândia, Daltro Fiúza, o governador se reuniu com cinco representantes de companhias e entidades que investem em combustíveis alternativos.A reforma agrária em Mato Grosso do Sul, segundo o secretário de Produção e Turismo, Dagoberto Nogueira, é um bom instrumento para assegurar ao Estado a posição de grande produtor de óleos vegetais para utilização como combustível. O secretário observou a importância de se investir no aumento das áreas de plantio de álcool, lembrando que no patamar atual, tudo que se produzir de álcool, metanol e diesel de óleo de mamona nos próximos cinco anos será exportado ao Japão, que estabeleceu, dentro do Protocolo de Kyoto a adição de 10% de álcool e 3% de biodiesel ao combustível fóssil. Os britânicos têm pressa, por causa do superaquecimento da terra. “Dizem que o furo na camada de ozônio está justamente sobre Londres”, comentam os cidadãos londrinos. O Brasil lidera o processo de homologação de combustíveis capazes de substituir o óleo diesel, tanto em uso veicular quanto na geração de energia elétrica, que sejam provenientes de fontes renováveis disponíveis no território nacional. Mato Grosso do Sul pode receber investimentos externos para pesquisas e estudos sobre viabilidade técnico-econômico-ambiental dos óleos vegetais, tanto virgens quanto usados, assim como de gordura animal. “Temos que estudar, inclusive do ponto de vista genético, para ter colheita suficiente e se for preciso aumentar a produtividade, bem como obter óleos com características propícias ao uso como combustível, para evitar escassez quando estiver consolidado o mercado de consumo de biodiesel (como ocorreu com o Proálcool)”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com mais de mil casos confirmados por dia, MS apresenta estabilização da doença
PANDEMIA
Com mais de mil casos confirmados por dia, MS apresenta estabilização da doença
Presidente do STJ barra interferência do Judiciário nas internações em leitos de UTI 
PANDEMIA
Presidente do STJ barra interferência do Judiciário nas internações em leitos de UTI 
Passageiro de ônibus é preso com pacotes de cocaína amarrados nas pernas
TRÁFICO DE DROGAS
Passageiro de ônibus é preso com pacotes de cocaína amarrados nas pernas
Dourados se aproxima de 26 mil casos e soma mais duas mortes por Covid
PANDEMIA
Dourados se aproxima de 26 mil casos e soma mais duas mortes por Covid
Variante P1 já é predominante nos casos de coronavírus em MS
PANDEMIA
Variante P1 já é predominante nos casos de coronavírus em MS
POLÍCIA
Desconhecido estoura cadeado e fechadura para furtar restaurante em Dourados
PANDEMIA
Governo atende deputado Marçal e suspende cobrança do ICMS de bares e restaurantes
NIOAQUE
Carga com 25 mil maços de cigarros contrabandeados é apreendida na BR-419
CLIMA
Previsão indica que estiagem pode acabar hoje em Dourados
EDUCAÇÃO
Unidades educacionais tem espaço ideal para divulgar serviços no caderno "Educação" do Dourados News

Mais Lidas

DOURADOS
Veículo usado para transportar corpo de colombiano passará por perícia
CRIME AMBIENTAL
Goiano preso com minhocas terá que pagar multa de quase meio milhão de reais
AMEAÇA DE EXTINÇÃO
Após passar por MS, homem é preso com mudas raras que seriam vendidas na Bolívia
DOURADOS
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista