Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Zeca discute gasoduto e pólo cerâmico terça-feira

09 janeiro 2004 - 16h04

O governador Zeca do PT tem quatro audiências agendadas para a próxima terça-feira, dia 13 de janeiro, no Rio de Janeiro, com diretores da Petrobras e do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). A primeira audiência será às 11 horas (horário local), com o diretor Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró. Em seguida, ao meio-dia, Zeca reúne-se com o diretor de Gás e Energia da estatal, Djalma Rodrigues.O assunto a ser tratado em ambas as audiências é a definição do traçado do gasoduto que ligará Mato Grosso do Sul ao Distrito Federal, passando por Goiânia (GO). O governador estará acompanhado dos prefeitos Oswaldo Mochi Jr (PMDB-Coxim), Adão Rolim (PDT-São Gabriel do Oeste) e Moisés Nery (PMDB-Camapuã). Eles querem que o gasoduto parta de Campo Grande e passe pela região Norte do Estado, rumo a Goiás e daí para Brasília. O governador compartilha da mesma idéia e vai levar essa proposta aos diretores da Petrobras. No seu entender, não tem sentido construir um gasoduto numa região onde não há demanda por energia, referindo-se à cogitação de que o ramal partiria de Rio Pardo.Na parte da tarde Zeca reúne-se, às 15 horas, com o presidente do BNDES, Ricardo Lessa. O governador estará acompanhado do vice-ministro de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai, Atílio Heiseck, que na ocasião deve formalizar o pedido de financiamento de US$ 107 milhões para a construção de uma nova ponte sobre o Rio Paraguai, entre Porto Murtinho e a Colônia Carmelo Peralta (Paraguai), além da pavimentação de 265 quilômetros da rodovia entre Carmelo Peralta e Filadélfia, no território paraguaio. Desta forma estará concretizada a primeira ligação bioceânica da América do Sul.Às 16h30 o governador tem audiência com o diretor de Comércio Exterior do BNDES, Luiz Eduardo Melin. Dessa reunião também participam os prefeitos do Norte do Estado, que buscam financiamento do bando para a implantação de um pólo cerâmico na região. Zeca acredita na viabilidade do projeto e prometeu engajar-se para concretiza-lo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Polícia localiza jovem que estava desaparecida desde quarta-feira
POLÍTICA
'Médico não abandona paciente', diz Mandetta sobre eventual demissão
CAPITAL
Mulher vê filha ser estuprada pelo avô que também a violentou quando criança
COVID-19
Saúde de MS recebe seis mil testes rápidos para diagnóstico do coronavírus
FRONTEIRA
Polícia Militar apreende 327 quilos de maconha em dois veículos
Marie Claire
Ex-BBB20 Felipe Prior é acusado de violentar mulheres, diz revista
SEU BOLSO
Governo antecipa prazo final de saque do abono do PIS-Pasep
JUSTIÇA
Mulher ofendida por rede social será indenizada por dano moral
ESCOLTA
PRF realiza escolta no repatriamento de brasileiros vindos da Bolívia
SAÚDE
Estudantes da UFGD criam site para divulgar dados atualizados da covid-19

Mais Lidas

NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
CRIME AMBIENTAL
Pescador é flagrado com barco, motor de popa e petrecho de pesca
COVID-19
Familiares de casal que testou positivo para coronavírus em Dourados são monitorados
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações