Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Workshops vão esclarecer sobre emissão de cupom fiscal em MS

29 setembro 2003 - 16h42

Na próxima quarta-feira, dia primeiro de outubro, acontecerá o primeiro de uma série de workshops com segmentos do comércio de Campo Grande e de Mato Grosso do Sul para esclarecer os comerciantes sobre a implantação da TEF - Transferência Eletrônica de Fundos, vinculado ao ECT - Emissor de Cupom Fiscal. Este primeiro evento será destinado exclusivamente aos comerciantes da Associação dos Lojistas do Shopping Campo Grande. O workshop será realizado no Hotel Vale Verde, das 8 às 10 da manhã.Conforme esclarece o gerente comercial da Informatiza Informática Ltda, que promove essa série de wokshops na Capital, Flávio Márcio Gonçalves, o sistema de transferência eletrônica de fundos acoplado ao ECF - Emissor de Cupom Fiscal deverá estar instalado nos estabelecimentos comerciais impreterivelmente até o dia 31 de dezembro deste ano, conforme determina a lei federal 9532/97. "A obrigatoriedade do sistema estar funcionando é para o dia 1º de janeiro de 2004, mas é importante o comerciante estar atento para o fato de que a tramitação de toda a documentação junto as operadores de cartão de crédito e débito, desde a aquisição do software do sistema até o uso efetivo dos equipamentos nas lojas, demanda em média 45 dias. Por isso, há a necessidade de que os lojistas em geral providenciem o mais rapidamente possível a aquisição do software e a entrada da documentação junto à rede de operadoras de cartões e à Secretaria de Receita e Controle do Estado", explicou Flávio.Ontem aconteceu uma reunião entre os gerentes da Informatiza e um representante da rede de cartão de créditos e débitos, em Campo Grande, quando foi salientado que em alguns Estados, como Goiás por exemplo, a fiscalização tem agido com muito rigor junto aos estabelecimentos comerciais quanto a utilização do novo sistema. Já houve casos inclusive, segundo o representante da rede de cartões, de estabelecimentos lacrados imediatamente após os fiscais terem detectado o não cumprimento da legislação. salientando que em Goiás o prazo para implantação do sistema já se encerrou, por terminação do fisco estadual.Flávio lembrou também, que o diferencial que a Informatiza tem para o mercado de Mato Grosso do Sul é a de uma solução verticalizada, pois além de oferecer o software homologado pelas redes para operacionalização do sistema, também vende o equipamento (pin pad) e presta toda a assistência técnica necessária aos comerciantes. Esclareceu o representante da empresa, que já estão adiantados os contatos para a realização de outros workshops sobre o tema, especialmente  junto ao Clube de Dirigentes Lojistas - CDL  e a Associação Sul-Matogrossense de Supermercados, e que a empresa pretende realizar vários workshops para prestar todo o esclarecimento necessário aos comerciantes, uma vez que eles estarão sujeitos à fiscalização da Secretaria da Receita e Controle a partir de primeiro de janeiro do próximo ano e o tempo para implantação do sistema é curto. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Justiça lança projeto-piloto para redução da oferta de drogas ilícitas
PMA apreende petrechos de pesca em balneário de Três Lagoas
CRIME AMBIENTAL
PMA apreende petrechos de pesca em balneário de Três Lagoas
Maconha escondida em pote de achocolatado é apreendida na BR-163
REGIÃO
Maconha escondida em pote de achocolatado é apreendida na BR-163
Mato Grosso do Sul lidera ranking de distribuição de vacinas contra Covid-19
IMUNIZAÇÃO
Mato Grosso do Sul lidera ranking de distribuição de vacinas contra Covid-19
Pandemia e fim dos auxílios podem reverter retomada econômica
BRASIL
Pandemia e fim dos auxílios podem reverter retomada econômica
PARQUE ALVORADA
Idosa tem casa revirada e bicicleta furtada em bairro de Dourados
FÁTIMA DO SUL
Caminhão pega fogo ao sair da pista e bater em árvore na BR-376
BRASIL
Após desestimular, Bolsonaro agora diz que vacinação ajudará economia
FRONTEIRA
Taxista que estava desaparecido é encontrado morto e foi vítima de latrocínio
DOURADOS
Empresária leva prejuízo de R$ 7 mil ao ter loja arrombada por ladrões em bairro

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista envolvido em acidente fatal relata bebida ao depor e é liberado 
ACIDENTES
Trânsito de Dourados faz terceira vítima fatal no ano, todas motociclistas
CRIME
Vizinhança flagra suspeito pulando muro e evita furto em Dourados
BR-276
Carreta com quase dez toneladas de maconha é apreendida em Dourados