Menu
Busca segunda, 19 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Vingança contra chefe leva a sabotagem, diz estudo

17 maio 2005 - 16h27

Um estudo do governo dos Estados Unidos mostra que as sabotagens feitas em computadores "sensíveis", algumas delas capazes de ameçar a segurança e a economia nacionais, são geralmente motivadas por vingança contra chefes. O levantamento, financiado pelo Department of Homeland Security, examinou dezenas de casos de sabotagem a computadores ocorridos ao longo de seis anos, levados a cabo por funcionários de confiança de empresas, tendo como alvo dados e redes confidenciais. As empresas eram, todas, consideradas vitais, como bancos e fornecedores de material bélico. As conclusões mostram que a maior parte dos responsáveis é composta por funcionários ou ex-funcionários, quase sempre de departamentos de tecnologia, revoltados com sanções disciplinares, promoções em que foram preteridos ou mesmo demissões. A natureza e grau dos ataques variou do apagamento de dados e software importantes, publicação de pornografia no site do empregador e até mesmo a inutilização parcial de toda uma rede. Um dado chamou a atenção: a maior parte dos sabotadores, antes de agir, mostrou sinais de que algo não estava bem: atrasos, discussões com colegas e performance medíocre. A idade dos atacantes variava: de adolescentes a aposentados. "Estes não são atos impulsivos, que não poderiam ser prevenidos", disse Matt Doherty, chefe do centro de avaliação de ameaças do Serviço Secreto dos EUA. A maior parte dos ataques resultou em prejuízos de até US$ 20 mil aos empregadores, mas houve casos em que o custo foi maior que US$ 10 milhões.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vacinômetro MS informa 38,1 mil doses de vacinas aplicadas em Dourados
COVID-19
Vacinômetro MS informa 38,1 mil doses de vacinas aplicadas em Dourados
BRASIL
Butantan recebe insumo e fabricará mais 5 milhões de vacinas CoronaVac
Veículo com mais de três toneladas de maconha é apreendido na MS-295
TACURU
Veículo com mais de três toneladas de maconha é apreendido na MS-295
Alvo na Omertà, Fahd Jamil se entrega à polícia em Campo Grande
ORMETÀ
Alvo na Omertà, Fahd Jamil se entrega à polícia em Campo Grande
Seu empreendimento tem visibilidade e lucro garantido no caderno de "Negócios & Cia"; Saiba como
NEGÓCIOS & CIA
Seu empreendimento tem visibilidade e lucro garantido no caderno de "Negócios & Cia"; Saiba como
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
BELEZA & ESTÉTICA
Pele madura: especialistas explicam como cuidar da região do colo e pescoço
MS
Agepen disciplina projeto que reduz dias de prisão através da leitura
DOURADOS
MP quer explicação do Município sobre falta de médicos na PAI
SAÚDE & BEM - ESTAR
Mesmo em casos leves, sequelas pós-covid merecem atenção

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
DOURADOS
Interno morre após briga com companheiro de cela da PED
PED
Arma de fabricação caseira é encontra em cela de interno morto