Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Vida sexual precoce aumenta a incidência de HPV em mulheres

28 dezembro 2009 - 15h16

Para saber por que as mulheres com baixa renda têm maiores índices de câncer do colo do útero, foi realizada uma pesquisa com 20 mil pessoas. O resultado apresentado revelou uma associação entre a doença com a iniciação precoce da atividade sexual.

Os estudos apontaram que as mulheres mais pobres iniciam suas atividades sexuais aproximadamente quatro anos antes, das que tem condições financeiras melhores.
Devido a este fato elas têm contato com vírus mais cedo, contribuindo assim para a estatística apresentada na pesquisa.

Antes de serem apurados estes fatos, acredita-se que a dessemelhança era proveniente da falta de controle de prevenção em regiões com menor concentração de renda.


Segundo o farmacêutico e tutor do Portal Educação, Ronaldo de Jesus Costa, o início da vida sexual quatro anos antes da média duplica o risco de desenvolver câncer. “O interessante é que o estudo mostra que a diferença na incidência não está relacionada ao HPV, ao cigarro ou ao número de parceiros sexuais”, diz Ronaldo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Guedes defende saída da “letargia econômica” em dois estágios
DOURADOS
Com suspeita de Covid-19 descartada, profissionais de saúde vão retomar atividades
MATO GROSSO DO SUL
Movimentação acima de 60% deixa o Estado em 3° do País em velocidade de contágio
ECONOMIA
Governo defende reformas após a pandemia para recuperar o PIB
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown
LUTO
Morre aos 63 anos o jornalista Gilberto Dimenstein em São Paulo
CLIMA
Mato Grosso do Sul em alerta para tempo seco e baixa umidade relativa do ar
CAMPO GRANDE
Homem condenado a 6 anos por roubo é preso
PANDEMIA
Com crescente número de coronavírus em MS, Dourados ultrapassa 230 casos
DOURADOS
Morte de idosa no HU é descartada para Covid-19

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
TRÁFICO
Servidor da Sesai usava veículo oficial para trazer maconha do Paraguai
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
DOURADOS
Após brigar com a ex e decidir dormir na rua, homem é assaltado e agredido