Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Victor e Léo se apresentam nesta sexta na Expogrande

11 abril 2008 - 16h25

A atração nacional Victor e Léo promete grande festa durante a Expogrande 2008. O show da dupla na feira acontece no dia 11 de abril (sexta-feira) e deve levar milhares de fãs ao Parque de Exposições Laucídio Coelho. Os ingressos para o show custam R$ 15,00 e podem ser adquiridos no posto de venda do Gugu Lanches.
Victor (Vitor Chaves Zapalá Pimentel) e Leo (Leonardo Chaves Zapalá Pimentel) são irmãos, criados na pequena cidade de Abre Campo (MG) e nascidos em Ponte Nova (MG). Ainda crianças, ouviam canções do regional sertanejo na radiola do avô, Tonico Chaves, ou quando viajavam com seu pai em serviço, no carro.

Aos onze anos, a partir de uma iniciação, junto ao professor Jésus Fernandes, Victor fazia seus primeiros acordes ao violão e era o começo de um toque único e didata. Léo chegou a participar de um conjunto musical, mas foi em 1992 que cantaram juntos pela primeira vez, sem saber o que seguiria após tantas noites de cantoria na pracinha, junto aos amigos e curiosos.

Ao participarem de um festival regional, também em Abre Campo, ingressaram na noite da região tocando em diversos bares e casas.

Em 1993, Victor fez sua primeira canção. Em 1994, mudaram-se para Belo Horizonte (MG) com o intuito de aprimorar os estudos, mas a paixão pela música falou mais alto e eles resolveram dedicar-se inteiramente a ela. Unindo técnica e prática, cantaram por sete anos na noite da capital mineira, em que estudaram canto por quase cinco anos.

Respectivamente, em 1997 e 1998, Victor e Léo gravaram seus dois primeiros CDs, ambos promocionais e de caráter não comercial, contendo, cada um, quatro faixas de autoria de Victor.

Em 2001, ousadamente, mudaram-se para São Paulo, com a intenção de expandir sua música, já tão própria e notoriamente diferente. Foram contratados por uma gravadora e lançaram seu primeiro CD, Victor e Leo (Number One), contendo 11 faixas, sendo 8 de autoria de Victor.

No final de 2002, saíram da gravadora e tornaram-se independentes para produzirem, eles mesmos, seu próprio trabalho. Ingressaram na noite paulistana, como que começando do zero e, aos poucos, novos fãs e um crescente público próprio lotavam as casas em que se apresentavam para cantar e ouvir canções ainda desconhecidas como "Fada", "Vida Boa" e "Amigo Apaixonado". Além das letras e arranjos apurados de suas canções próprias, o jeito de expressarem-se, o carinho para com as pessoas e a forma diferente com que interpretavam canções de outros artistas impressionavam o público. Foi aí que, em 2004, lançaram seu segundo CD, intitulado "Vida Boa", independente e produzido pela dupla e a base do posterior CD ao Vivo.

Em 2005, a pedido de seu público, Victor e Léo gravam seu terceiro CD de mercado: Victor e Léo ao Vivo. A gravação foi em show, no Bar Avenida Club, em São Paulo-SP. Este CD impressiona pela qualidade e originalidade de seu conteúdo. Com o timbre afinado e marcante da voz de Léo junto a uma presente segunda voz e ao toque único de Victor ao violão, foi totalmente produzido e arranjado pela dupla e possui, de suas 15 faixas, 9 de autoria de Victor, como “Amigo Apaixonado”, “Fada”, “Lembranças de Amor”, “Vida Boa” e “Sinto Falta de Você”.

Em meados de 2006, o CD “Victor e Léo ao Vivo”, sem qualquer significativo investimento e sem gravadora, desponta-se, da cidade de Uberlândia (MG), em que uma rádio tocou-o pela primeira vez, para todo o triângulo mineiro e daí para todo o Brasil com aceitação rara, até mesmo entre pessoas não simpatizantes pela música sertaneja, gerando shows lotados e de alta emoção por diversas cidades, em diferentes estados.

Estimam-se que, em 2007, tenham sido pirateadas mais de 2 milhões de cópias do CD Victor&Leo ao Vivo, em todo o Brasil. Em junho de 2007, a dupla foi contratada pela gravadora Sony/BMG, que passou a distribuir o CD Victor&Leo ao Vivo que, mesmo tendo sido tão pirateado, em seu primeiro mês de distribuição, já estava entre os 10 mais vendidos do país e no terceiro, já rendia à dupla, seu primeiro "Disco de Ouro", referente a 60.000 cópias vendidas, recebido das mãos do apresentador Fausto Silva, já na primeira vez em que foram ao seu programa, Domingão do Faustão.
Neste mesmo mês, gravaram seu primeiro DVD e, advindo dele, o quarto CD, ambos intitulados” Victor e Léo ao Vivo em Uberlândia”, junto a um público de mais de 30.000 pessoas, reunido para este show de gravação. Com sucesso em todo o País, agora, Victor e Léo vem a Campo Grande para encantar também os visitantes da Expogrande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Após indicação de Neno Razuk, Governo do Estado divulga edital de concurso para perito forense no MS
LEGISLATIVO DE MS
Após indicação de Neno Razuk, Governo do Estado divulga edital de concurso para perito forense no MS
Homem é preso por pesca e transporte ilegal de pescado
MS-426
Homem é preso por pesca e transporte ilegal de pescado
Associação de Apoiadores do Hospital do Amor encerra com carreata as ações do Outubro Rosa
TV DOURADOS NEWS
Associação de Apoiadores do Hospital do Amor encerra com carreata as ações do Outubro Rosa
CULTURA
Sebrae lança cursos para capacitar artesãos
Câmeras flagram furto de escada após serviço de poda de árvore
DOURADOS
Câmeras flagram furto de escada após serviço de poda de árvore
REGIÃO
Homem é preso por descumprir medida protetiva e perturbar ex-sogra
PRODUÇÃO
Renato Câmara discute melhorias para avicultores de MS
REGIÃO
Homem é preso por tráfico de drogas e corrupção de menores
REGIÃO
Jovem é preso após ser flagrado vendendo drogas próximo a escola
IMUNIZAÇÃO
Mais de 3,6 milhões de vacinas da Pfizer chegam ao Brasil

Mais Lidas

DOURADOS
Namorada posta 'status' de jovem com arma, polícia rastreia carro e prende rapaz
LAGUNA CARAPÃ
Motorista morre prensado ao tombar caminhão na MS-379
DOURADOS
Três vias de Dourados passam a ser "mão única"
DOURADOS
Jovem formou consórcio com amigos para comprar e usar ecstasy em festas