Menu
Busca domingo, 28 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Vice da Defesa americano escapa de atentado em Bagdá

26 outubro 2003 - 08h08

Um soldado americano morreu no ataque com mísseis realizado hoje contra o hotel Al Rashid de Bagdá, no qual o subsecretário de Defesa americano, Paul Wolfowitz, estava hospedado, informou um porta-voz do Exército americano. Quinze pessoas ficaram feridas no ataque.Wolfowitz, que é o número dois na hierarquia do Pentágono, saiu ileso do ataque, declarou uma fonte da coalizão anglo-americana.O subsecretário disse que os Estados Unidos vão continuar sua missão e não se deixarão intimidar por "criminosos que buscam desestabilizar o país e que abusaram e torturaram o Iraque durante 25 anos", referindo-se ao regime de Saddam Hussein.Wolfowitz improvisou uma entrevista coletiva à imprensa, na qual apareceu sem gravata, aparentando estar abalado, com a voz alterada."Continuaremos nosso trabalho, apesar dos atos desesperados de um regime moribundo", afirmou, acrescentando que os americanos no Iraque, civis ou militares, são "heróis".Segundo o porta-voz, um soldado americano morreu e sete civis, também americanos, ficaram feridos, junto com outros quatro militares e quatro cidadãos não-americanos.Uma autoridade do Exército americano já tinha confirmado uma morte anteriormente, sem divulgar a nacionalidade nem a profissão da vítima.AtaqueVinte e nove mísseis foram disparados contra o hotel. Segundo uma autoridade que pediu anonimato, no total havia 40 mísseis, dos quais 29 foram disparados e outros 11 abandonados no lança-mísseis fabricado no local. Seria uma mistura de mísseis de 85 e 68 milímetros. Segundo a fonte, os mísseis de 68 milímetros são lançados geralmente de helicópteros, enquanto os de 85 milímetros são utilizados para disparos terra-ar.O hotel atacado localiza-se em uma área protegida por um forte esquema de segurança, onde está o principal centro de operações da coalizão anglo-americana que ocupa o Iraque.Uma emissora de televisão mostrou o impacto de dois mísseis, próximo ao 12º andar, em uma parede lateral do edifício e outro na fachada, onde se viam várias janelas quebradas.Thomas Hartwell, fotógrafo americano que trabalha para a coalizão e que morava no hotel, viu três feridos serem levados em ambulâncias militares. "Descemos as escadas, havia rastros de sangue nos primeiros andares", acrescentou.ZoológicoSegundo um coronel da polícia iraquiana, os mísseis foram lançados a partir do jardim zoológico de Bagdá, localizado a menos de 100 metros do hotel. Os agressores teriam fugido em uma caminhonete.Os militares encontraram um lançador multitubular de mísseis Katiucha em um reboque estacionado em uma rua na saída do zoológico. Uma jornalista da agência France Presse conseguiu ver o lançador.O hotel Rashid já foi atacado no dia 27 de setembro. Na ocasião, três ou quatro mísseis atingiram o 14º andar do hotel, sem deixar feridos. O estabelecimento de 14 andares tem 400 quartos e durante o antigo regime recebia hóspedes importantes no Iraque. Atualmente, abriga funcionários americanos.Ontem, os EUA alertaram sobre um possível plano de "extremistas islâmicos" de realizar um atentado contra um hotel frequentado por estrangeiros ocidentais.As forças norte-americanas são alvos constantes de ataques no Iraque. Desde o dia 1º de maio, quando Washington decretou o fim dos principais combates no país, mais de cem soldados dos EUA foram mortos no Iraque.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Contribuinte não pode mudar declaração de IR simplificada para completa após prazo de entrega
JUSTIÇA FEDERAL
Contribuinte não pode mudar declaração de IR simplificada para completa após prazo de entrega
Ceará lança lista inédita de animais encontrados no estado
BRASIL
Ceará lança lista inédita de animais encontrados no estado
Ampliados setores que vão abrir durante lockdown no Distrito Federal
PANDEMIA
Ampliados setores que vão abrir durante lockdown no Distrito Federal
Liminar impede uso da tese de legitima defesa da honra em processos criminais
STF
Liminar impede uso da tese de legitima defesa da honra em processos criminais
Bia Ferreira é campeã no Torneio de Strandja, na Bulgária
BOXE
Bia Ferreira é campeã no Torneio de Strandja, na Bulgária
DOURADOS
MPE e Defensoria não se opõem a júri para assassino de ex-secretário
STJ
Sexta Turma nega habeas corpus a réu condenado por estupro de vulnerável mesmo sem contato físico
BRASIL
Fábricas de Cultura investem em tecnologia de inteligência artificia
MS
Preso com agrotóxicos é autuado em R$ 180 mil pela PMA
FUTSAL
Minas vence Dois irmãos e encara Magnus na final da Supercopa

Mais Lidas

DOURADOS 
Mulher é esfaqueada na região central e encaminhada ao HV em estado grave
DOURADOS 
Mulher que esfaqueou rival é autuada em flagrante por tentativa de homicídio
DOURADOS 
Mulher é presa após furtar residência no Altos do Indaiá
ITAQUIRAÍ
Acusado de matar homem com tiro na nuca diz que vítima ameaçava ex