Menu
Busca terça, 28 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
OPINIÃO

Vergastando as mudanças linguísticas, por Rosildo Barcellos

25 agosto 2014 - 08h07

Um artigo serve para exteriorizar pensamentos. O que escrevo está sempre fora de mim ao mesmo tempo em que me liberta ante ao manuseio da verdadeira forma de expressão. Não obstante permite relacionar o que já sabemos (pois está escrito) com o que queremos saber (que ainda é questão). Desta feita, adentro na questão da lusofonia, que aliás, é o conjunto de identidades culturais existentes em países, falantes da nossa língua portuguesa podendo citar principalmente Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, além do Timor Leste. Evidentemente qualquer alteração que se faça traz em seu bojo reações. Sempre haverá os que aplaudem e os que reprovam, e a razão é extremamente simplória: a reestruturação de qualquer coisa sempre implicará em mudança de atitudes e de comportamentos das pessoas envolvidas ou afetadas nesse processo. A reforma ortográfica idem.

A língua realça valores; mobiliza crenças; institui e reforça poderes. Acredito ser de fundamental importância sob o ponto de vista estratégico iniciativas como o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Muito mais do que somente unificar a ortografia da língua portuguesa, este acordo propicia um novo e importante impulso à manifestação da identidade cultural brasileira no cenário internacional.Acontece que nem vigorou a obrigatoriedade do acordo previsto para 2016, parlamentares do nosso país já discutem outras propostas de mudança. Para exemplificar adianto algumas:Exuberante – Ezuberante, Moço – Moso, Exigente - Ezigente e Pegajoso passaria para Pegajozo.

Peço escusas, mas entendo que antes da unificação da grafia da Língua Portuguesa entre os países lusófonos seria mais urgente e importante discutir as questões do âmbito social e político tais como a fome, pobreza e erradicação de doenças consideradas, ainda, de países subdesenvolvidos; assim como do câncer, do ebola e da AIDS. Concordo também que escrever corretamente é importante, inclusive eu tento! Mas um erro de grafia; não destrói a língua mas do que o olhar de uma criança que pisa descalça em esgoto a céu aberto; e nem impede a sua leitura quando observada em seu devido contexto. Até porque estamos num mundo onde as pessoas se preocupam cada vez menos com o ser humano e se ocupam cada vez mais com a vida dos outros e não com seu cotidiano familiar de injustiças e arbitrariedades.

A língua ... tão corriqueira em nossas vidas, perpassa obliterada ante a sua funcionalidade. É todavia, a ferramenta mais importante que os seres humanos têm para estabelecer laços de comunicação e extrair o melhor de suas relações.



Vergastar: fazer críticas ásperas



*Articulista

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policiais penais apreendem drogas lançadas por drone no presídio
DOURADOS
Policiais penais apreendem drogas lançadas por drone no presídio
Criminosos que tentavam arrombar residência de oficial das Forças Armadas são presos
REGIÃO
Criminosos que tentavam arrombar residência de oficial das Forças Armadas são presos
Tchau, sedentarismo: 5 passos para sair do sofá e começar a correr
BELEZA E ESTÉTICA
Tchau, sedentarismo: 5 passos para sair do sofá e começar a correr
Atleta do MS disputa Mundial de Canoagem Maratona na Romênia
ESPORTE
Atleta do MS disputa Mundial de Canoagem Maratona na Romênia
FUTEBOL
Clubes decidem pelo retorno de público no Brasileirão da Série A
REGIÃO
Filhotes de papagaio que caíram de ninho e tucano atropelado são resgatados
ARQUITETURA E DESIGN
Decoração econômica em tempos de crise: aposte nessas 4 tendências!
ECONOMIA
Inadimplência das micro e pequenas empresas cai 0,9% em agosto
COMER BEM
Veja essa receita de pastel com 3 ingredientes com uma massa que desmancha na boca
POLÍCIA
Encapuzado, homem invade comércio e furta rolos de cabos elétricos

Mais Lidas

REGIÃO
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul matou mulheres e deixou policial ferido
EXECUÇÃO
Justiceiros matam mais um na fronteira e deixam recado
DOURADOS
Mulher é agredida em discussão e desfere golpe de faca no órgão genital do companheiro
HOMICÍDIO
Com tiros na cabeça e peito, jovem é executado em Pedro Juan Caballero