Menu
Busca sexta, 26 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Vereador de Antônio João quer rapidez em assentamento

15 março 2004 - 17h15

O vereador Selso Lozano (PT) está articulando apoios nos governos do Estado e federal para resolver um drama que já se arrasta há quase cinco anos em Antônio João, onde 137 famílias de trabalhadores rurais esperam um pedaço de terra para trabalhar. O grupo, que compõe o acampamento Quero-quero, é ligado à Fetagri (Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar) e ocupa uma área de 50 hectares cedida pela prefeitura de Antônio João. No próximo dia 30 de maio, os acampados completam cinco anos instalados na área “provisória”.Lozano e lideranças dos trabalhadores rurais estiveram nesta segunda-feira em Campo Grande para tentar encontrar uma solução para o problema. Eles estiveram reunidos com o superintendente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Luiz Carlos Bonelli, e com o chefe de gabinete do vice-governador Egon Krakhecke, Wilson dos Santos, para discutir as alternativas.“Tanto o Incra quanto o governo do Estado são sensíveis aos apelos dos acampados, agora o nosso trabalho é articular uma saída que seja rápida e definitiva; neste caso, a desapropriação de uma área para assentar os trabalhadores”, afirmou Lozano, ao sair da reunião com Wilson dos Santos.Segundo o vereador, a responsabilidade de disponibilizar a terra para os assentados é do Incra, mas “o entendimento com o governo do Estado é fundamental para angariar o apoio político necessário para que o assentamento seja agilizado”.Lozano lembrou que o assentamento é de interesse estratégico para o município, pois resolve um problema social que envolve centenas de pessoas. “São trabalhadores que querem produzir e isso interessa ao nosso município, por isso estamos nos empenhando para obter uma solução”, ponderou.Compuseram a comitiva de Antônio João recebida pelas autoridades: o presidente do sindicato dos trabalhadores rurais de Antônio João, Cláudio Roberto Franco, o presidente da associação dos hortifrutigranjeiros do município, Adelino Siqueira Filho, o líder do acampamento Quero-Quero, Cláudio Roberto Franco, e os trabalhadores acampados Rosemir Paulo, José Barbosa e Ramão Elvis Lopes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adolescente que teve 90% do corpo queimado por chapa morre em hospital
ECONOMIA
Aneel mantém bandeira amarela na tarifa de energia elétrica em março
Douradense é multado em R$ 55 mil por desmatamento de vegetação nativa
MEIO AMBIENTE
Douradense é multado em R$ 55 mil por desmatamento de vegetação nativa
Senadora Soraya indica emendas no valor de quase R$ 1 bilhão ao Agro
POLÍTICA
Senadora Soraya indica emendas no valor de quase R$ 1 bilhão ao Agro
Garoto de 14 anos morre ao ser lançado de carro durante capotagem
TJ/MS
Selo Justiça pela Paz em Casa começa a ser entregue nas comarcas
CRIME AMBIENTAL
Com imagem de satélite, PMA autua produtor de Dourados em R$ 55 mil
BRASIL
Governo adia novamente prazo de adoção da nova carteira de identidade
FRONTEIRA
Antes de ser executado, homem foi sequestrado e torturado
COVID-19
Distrito Federal decreta lockdown total a partir do próximo domingo

Mais Lidas

POLÍCIA
Identificada vítima fatal de acidente entre carretas
DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
PERIMETRAL NORTE
Carro é destruído pelo fogo após acidente em Dourados; veja o vídeo