Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Venezuelanos votam em peso no referendo

15 agosto 2004 - 22h17

Em meio à incerteza sobre quando conheceria o resultado do referendo revogatório que pode pôr fim ao mandato do presidente Hugo Chávez, a maior parte dos 14.245.615 eleitores inscritos compareceu a seus locais de votação, formando filas que se estendiam por mais de cinco quarteirões. O Conselho Nacional Eleitoral (CNE), órgão que coordena a realização do referendo, convocou uma rede de rádio e TV por volta das 11 horas para informar que o horário oficial de fechamento das urnas passaria das 18 para as 20 horas (21 horas de Brasília). Mas ressaltou que todos os eleitores que estivessem nas filas até esse horário teriam assegurado seu direito de votar - ainda que isso levasse várias horas. Por um acordo com as redes de TV privadas firmado na sexta-feira, o CNE havia prometido divulgar seu primeiro boletim oficial entre duas ou três horas depois que a última urna tivesse sido fechada. Ainda assim, somente depois da transmissão de dados de pelo menos 75% das mesas e desde que as cifras a serem divulgadas fossem conclusivas. O anúncio levou os venezuelanos a acreditar que dormiriam neste domingo sem conhecer o resultado do processo eleitoral que a oposição a Chávez vem perseguindo há mais de quatro anos e do qual o governo venezuelano espera sair vencedor com larga vantagem sobre seus adversários. Tranqüilidade Por várias partes da capital, muitos temiam que a tensão da expectativa represada dos partidários dos dois lados acabasse reultando em choques violentos. Mas nas filas, sob o forte calor do domingo em Caracas, os eleitores aguardavam com tranqüilidade e paciência - e prontos para esperar entre três e quatro horas para chegar à cabine indevassável onde estavam as urnas eletrônicas.Perto do Sáo José, a fila de votação dos eleitores do Liceu Andrés Bello também era imensa, mas a fluía mais rapidamente. O liceu, onde votam mais de 12 mil eleitores, recebeu pela manhã a visita do ex-presidente americano Jimmy Carter e do secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), o ex-presidente colombiano César Gaviria - que, junto com outras personalidades, estão em Caracas na condição de observadores do processo de referendo. Chávez votou pouco antes do meio-dia na Escola Manuel Palacio Fajardo em 23 de Enero, um barrio (favela) na periferia de Caracas. Depois de registrar seu voto, o presidente submetido ao julgamento das urnas fez um apelo "a todos os venezuelanos" para que se preparem para aceitar o resultado, "seja ele qual for".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Quem já teve dengue tem mais chance de ter sintomas na Covid-19, indica estudo
SAÚDE & BEM - ESTAR
Quem já teve dengue tem mais chance de ter sintomas na Covid-19, indica estudo
Residência de idosa é invadida e furtam botijão, cadeira e tv
DOURADOS
Residência de idosa é invadida e furtam botijão, cadeira e tv
Cabo Almi apresenta melhora e pode ser extubado nas próximas horas
COVID-19
Cabo Almi apresenta melhora e pode ser extubado nas próximas horas
Trabalha na área da Beleza e Estética? Veja como o Dourados News pode impactar no seu alcance
BELEZA & ESTÉTICA
Trabalha na área da Beleza e Estética? Veja como o Dourados News pode impactar no seu alcance
Veículos carregados com mais de três mil pacotes de cigarro são apreendidos
CONTRABANDO
Veículos carregados com mais de três mil pacotes de cigarro são apreendidos
REGIÃO
Polícia apreende comboio com nove veículos carregados de mercadorias ilegais
NEGÓCIOS & CIA
Tira dúvidas do IR 2021: prazo de pagamento, soma de rendimentos, pecúlio
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 27 milhões nesta quarta-feira
SAFRA 2021/2022
Ministério aprova zoneamento agrícola de risco climático para soja em MS
DOURADOS
Homem morre após ser encontrado ferido em frente de residência

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados