quinta, 18 de agosto de 2022
Dourados
30°max
18°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Venezuela promete 1 milhão de dólares em ajuda para a Jamaica

12 setembro 2004 - 19h42

O governo venezuelano anunciou neste domingo que destinará 1 milhão de dólares em ajuda humanitária para a Jamaica, onde o furacão Ivan deixou pelo menos 16 mortos e sérios prejuízos materiais nos dois últimos dias."Vamos aprovar outro milhão de dólares, para a Jamaica", disse o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, em seu programa dominical de rádio e televisão. A Venezuela já tinha aprovado ontem 1 milhão de dólares em ajuda humanitária para Granada, onde o Ivan provocou pelo menos 17 mortes e deixou 90% dos edifícios afetados. O presidente venezuelano não especificou quando a ajuda à Jamaica será efetivada, nem os mecanismos de canalização do auxílio. Ontem, o ministro de Comunicação e Informação, Andrés Izarra, afirmou que duas embarcações militares estavam "sendo abastecidas para reparar os efeitos que o furacão Ivan possa causar no Caribe", especificamente em "Jamaica e Cuba". A Venezuela está coordenando a canalização da ajuda humanitária com os dois países. Izarra informou que um helicóptero militar partiria ontem mesmo para Granada com "equipes de resgate e de assistência de primeiros socorros para atender emergências mais urgentes". O ministro disse que "em menos de 24 horas" um navio da marinha venezuelana zarparia para Granada com uma equipe de avaliação técnica, levando também alimentos, água, cobertores, barracas e material de construção. O chefe da Defesa Civil, Antonio Rivero, disse hoje que a segunda leva de ajuda humanitária para Granada deve sair na terça-feira 14, "com uma carga maior de alimentos, água potável e medicamentos ao povo de Granada, assim como pessoal logístico e de apoio". O Ivan passou em frente ao litoral venezuelano entre terça e quinta-feira da semana passada e deixou cinco mortos, 80 feridos e mais de 1.770 atingidos, segundo dados da Defesa Civil, e mais oito pescadores desaparecidos. Na sua rota de devastação pelo Caribe na semana passada, o Ivan causou ao todo 45 mortes e graves estragos em infra-estrutura em Granada, Jamaica, Barbados, República Dominicana, Venezuela, Trinidad e Tobago, Colômbia e vários países das Pequenas Antilhas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IVINHEMA

Jovem é preso suspeito de estuprar uma colega de escola de 12 anos

POLÍTICA

Soraya Thronicke propõe substituir impostos federais por um só tributo

Vendedor é preso após oferecer carona e beijar menina de 12 anos

JUDICIÁRIO

STF retoma nesta quinta julgamento sobre nova Lei de Improbidade

CORUMBÁ

Homem é preso por agredir e manter esposa em cárcere

GERAL

Jogos da Copa da Juventude começam no dia 26 de agosto em Dourados

PM é denunciado por tortura cometida quando 'caçava' assassinos do filho

ECONOMIA

Empréstimo consignado do Auxílio Brasil deve começar em setembro

PF cumpre mandado de busca no envio de drogas sintéticas pelos Correios

ECONOMIA

Saiba como declarar o Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Passageiro tem corpo dilacerado ao cair de moto e ser atropelado por carreta 

BELA VISTA

Acidente em estrada vicinal mata líder sindical em MS

ESTADO GRAVE

Mulher é esfaqueada por vizinho por se recusar a emprestar carregador

NOVA ANDRADINA

Funcionário de companhia de água encontra feto de bebê em esgoto