Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Vale negocia compra de ativos de fertilizantes da Bunge no país

15 janeiro 2010 - 13h30

A Vale está em negociações com a Bunge para comprar ativos da empresa no segmento de fertilizantes no Brasil, informaram as duas companhias nesta sexta-feira.
A Vale afirmou ainda que a transação não deve ultrapassar US$ 3,8 bilhões, conforme sua avaliação dos ativos negociados.
O negócio com a Bunge do Brasil, subsidiária da Bunge Limited, inclui a participação de 42,3% da empresa na Fosfertil, a maior produtora brasileira de matérias-primas para fertilizantes.
Entretanto, as empresas destacam que nenhum acordo ainda foi assinado. O negócio, se confirmado, poderia representar --além do fortalecimento da Vale no setor de fertilizantes-- uma volta ao passado: em 2003, a mineradora vendeu a sua participação na Fosfertil para a Bunge por R$ 240 milhões.
"O portfólio total de ativos compreende minas de rocha fosfática e unidades de produção de fertilizantes intermediários com base em fósforo (fosfatados) e nitrogênio (nitrato de amônio e ureia)...", afirmou a mineradora em comunicado ao mercado.
Mais cedo, a Fosfertil havia informado ao mercado que a Bunge negociava a alienação de sua participação majoritária na empresa de fertilizantes e de insumos químicos para a Vale.
A Fosfertil acrescentou que a alienação, 'caso consumada, não obriga a realização de oferta pública de aquisição de ações preferenciais de emissão da companhia'.
Nos nove primeiros meses de 2009, a Fosfertil registrou uma receita líquida de US$ 937,2 milhões, forte queda em relação ao mesmo período de 2008 (US$ 1,64 bilhão), quando o setor de fertilizantes registrou um boom, embalado pelos preços recordes de produtos agrícolas.
A Bunge do Brasil é também uma das maiores empresas brasileiras do setor de alimentos, atuando na área de processamento de soja e trigo, além de cana-de-açúcar.
Não é de hoje que a Vale buscaria fortalecer a sua participação na área de fertilizantes. No ano passado, circularam informações no mercado de que a mineradora estaria interessada na Mosaic, cujo acionista majoritário é a Cargill, concorrente da Bunge no segmento de commodities agrícolas.
Mundialmente, a Bunge fornece fertilizantes a produtores agrícolas, origina, transporta e processa oleaginosas, grãos e outras commodities agrícolas. Além disso, fabrica produtos alimentícios para clientes comerciais e consumidores, além de fornecer matérias-primas e serviços à indústria de biocombustíveis.
A Fosfertil também atua como fornecedora de insumos para empresas químicas, mas 70% de sua receita vem da área de fertilizantes.
Por volta das 12h30, as ações da Fosfertil operavam em alta de quase 8%, enquanto as da Vale tinham ligeira queda, de 0,30%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Quinta Turma dará mais publicidade aos processos levados em mesa para julgamento
BRASIL
Câmara pode votar Lei de Emergência Cultural na próxima terça-feira
BRASIL
Firjan Senai oferece cursos de aperfeiçoamento para todo o país
STJ
Juiz deverá aplicar medidas coercitivas a familiares que se recusam a fazer DNA, sejam ou não parte na investigação de paternidade
STF
Empresas optantes pelo Simples têm direito a imunidades em receitas decorrentes de exportação
MINISTRO
Weintraub: “tentam deturpar minha fala para desestabilizar a nação”
DIA MUNDIAL
Situação de stress social pode ser gatilho para quem tem esquizofrenia
ESTADO
Canil do Corpo de Bombeiros participa de ocorrências no interior e na capital
ESPORTE
Beach Handebol brasileiro busca alternativas para se manter no topo
INTERIOR
Com peças de Lego, alunas da UEMS criam robô que ajuda na prevenção do coronavírus

Mais Lidas

PANDEMIA
Números continuam aumentando e Dourados tem mais nove casos confirmados de coronavírus
TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
DOURADOS
Servidor da PED é diagnosticado com coronavírus e outros agentes são afastados