Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Vacinação contra aftosa começa no dia 1º de novembro

26 outubro 2004 - 08h16

A partir da próxima segunda-feira, dia 1° de novembro, começa a contagem regressiva para os pecuaristas sul-mato-grossenses vacinarem todo o rebanho, de mamando a caducando, contra a febre aftosa. Essa é a últimadas três fases anuais da campanha de vacinação que envolve em torno de 25 milhões de animais em todo o estado de MAto Grosso do Sul.Para os produtores do planalto a campanha vai do dia 1° ao dia 30 de novembro onde aproximadamente 21,4 milhões de bovinos deverão ser imunizados. Já no pantanal, para os pecuaristas que optaram por essa fase,poderão vacinar os animais de 1° de novembro a 15 de dezembro, impreterivelmente. Nessa região cerca de 1,2 milhões de cabeças deverão ser vacinadas."Após o susto que o país levou, com a confirmação de dois focos de aftosa - um no Pará e um no Amazonas - a nossa expectativa é que nenhum produtor deixe de vacinar o seu rebanho até porque o fato de estarmos próximos àfronteira com outros países é um motivo a mais de preocupação", analisa o Gerente de Defesa Sanitária Animal da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), Osvaldo Pereira Dias.Embora ainda não esteja a disposição no comércio a dose da vacina está sendo cotada, em média, por R$ 0,98. "Estamos tentando negociar com os laboratórios para fecharmos a um menor preço, mas ainda não há nadadefinido", comenta o funcionário de uma empresa de produtos veterinários, Marcelo Quadro ao explicar que nos primeiros dias da campanha, normalmente, os preços são mais "salgados".Lembrando que o prazo para entrega dos frascos, registro da vacinação bem como o comprovante de aquisição de vacina (CT-13) e a nota fiscal permanece o mesmo: 15 dias após a vacinação devendo ser feito noescritório do Iagro onde o produtor estiver cadastrado. "Para os que deixarem de vacinar será aplicada uma multa de R$ 21,00 por animal - duas UFRMS - além de ter que vacinar o rebanho posteriormente", lembra OsvaldoDias.Ainda segundo Dias as propriedades localizadas nos municípios de Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos e Setes Quedas, que tiveram a vacinação antecipada por motivo de prevenção - estarem localizadas naregião de fronteira com o Paraguai - não deverão participar dessa fase da campanha. Nesse caso aproximadamente 50% dos 400 mil animais já foram vacinados. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista morre após colidir com caminhão e capotar veículo na MS-134
NOVA ANDRADINA
Motorista morre após colidir com caminhão e capotar veículo na MS-134
Hospitais de Dourados estão com 58 pacientes internados em leitos de UTI
SISTEMA DE SAÚDE
Hospitais de Dourados estão com 58 pacientes internados em leitos de UTI
PAGAMENTO
Salários dos servidores estaduais já estão disponíveis para saque
Pessoas com 20 anos ou mais podem se vacinar em três unidades básicas de saúde
IMUNIZAÇÃO
Pessoas com 20 anos ou mais podem se vacinar em três unidades básicas de saúde
Traficantes abandonam caminhão com quase 700 quilos de maconha na BR-163
DOURADOS
Traficantes abandonam caminhão com quase 700 quilos de maconha na BR-163
TEMPO
Sábado de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
PARAGUAI
Corpos de militares foram destroçados por bomba enterrada na estrada
CORONAVAC
Butantan pede autorização para vacinar público entre 3 e 17 anos
CAPITAL
Acusado de matar homem com tiro na cabeça presta depoimento
ENERGIA MAIS CARA
Conta de energia continuará com taxa extra mais elevada em agosto

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PARAGUAI
Militares executados na fronteira eram sargentos da FTC
PONTA PORÃ
Bilhete ao lado de corpo esquartejado indica próximos "alvos" de criminosos
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte