Menu
Busca quarta, 03 de março de 2021
(67) 99257-3397

Vacinação antipolio é adiada para setembro

17 agosto 2009 - 18h12

 campanha de vacinação contra a paralisia infantil, que seria realizada neste sábado (22) em todas as unidades de Saúde de Dourados foi adiada para o dia 19 de setembro. A decisão do município segue determinação do Ministério da Saúde que em função dos casos de Gripe A em todo o país, resolveu suspender a campanha para evitar o grande movimento de pessoas nos postos. 
Independente do adiamento, o secretário de Saúde de Dourados, Mário Eduardo Rocha Silva, disse que a mobilização para a segunda etapa da campanha contra a poliomielite continua. Na segunda etapa da campanha contra a polio, a Secretaria Municipal de Saúde pretende vacinar 16 mil crianças até cinco anos de idade. 
Segundo o secretário Mário Eduardo, esta prorrogação de praticamente um mês não vai comprometer a saúde das crianças, até porque ainda está em efeito protetor no organismo as doses da vacina que foram aplicadas na primeira etapa da campanha no mês de junho. Ele informou que no momento o melhor a fazer é evitar o fluxo intenso de pacientes nas unidades de saúde básica, situação que já vem ocorrendo em diversos locais do país, por conta da gripe Influenza A (H1N1).  
Mário Eduardo disse que a decisão tomada pelo Ministério da Saúde e acatada pelos municípios, tem o objetivo de evitar esta sobrecarga principalmente nos serviços de atenção básica que são a porta de entrada para os pacientes com suspeita de gripe. O secretário explicou também que esta medida visa contribuir para que a vacinação ocorra em um cenário mais tranqüilo, com os trabalhadores da área em condições de dar prioridade ao trabalho de imunização. 
“Estas orientações atendem também ao pedido feito pelas secretarias estaduais de saúde, das regiões do Brasil mais afetadas pelo aumento do atendimento a pacientes com sintomas de gripe”, ressaltou. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Gerson Penna explicou que, embora nem todos os estados apresentem sobrecarga no sistema de saúde por causa da gripe, o adiamento da segunda etapa da campanha de vacinação foi adotado em todo o país, pois realizada simultaneamente, garante maior imunidade de grupo. 
De acordo com a nota emitida pelo Ministério da Saúde, a previsão é que ocorra uma queda gradativa do número de casos da nova gripe, especialmente com o fim do inverno no país. Com isso, a segunda etapa da vacinação infantil poderá ser realizada sem qualquer prejuízo já no próximo mês.  
Para a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, Maria Arindelita Arruda, nenhuma criança corre o risco de ser contaminada pela poliomielite por conta do adiamento da campanha. Ela orientou que as crianças que tenham de tomar a dose de reforço devem esperar até o dia 19 de setembro. Já as que precisam tomar a dose de rotina da vacina, precisam procurar os postos de saúde na data indicada no cartão de vacinação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Policiais devem gravar autorização de morador para entrada na residência, decide STJ
SOCIAL
Crianças e adolescentes vítimas de violência terão atendimento gratuito em Dourados
Operação flagra 45 motoristas bêbados em cidades de MS
CIDADE SEGURA
Operação flagra 45 motoristas bêbados em cidades de MS
Anvisa diz que vacinas usadas no Brasil são seguras
PANDEMIA
Anvisa diz que vacinas usadas no Brasil são seguras
Homem é encontrado morto com tiro na nuca em estrada vicinal
CAMPO GRANDE
Homem é encontrado morto com tiro na nuca em estrada vicinal
DOURADOS
MPE reafirma pleito para assassino de ex-secretário pagar reparação a herdeiros da vítima
SENADO
Infraero pode administrar aeroportos de Dourados e Bonito
ASSEMBLEIA DE MS
Ordem do Dia: Mudanças na estruturas da Agepan são aprovadas em 1ª votação
PANDEMIA 
Com 4,23% da população vacinada, Saúde pede agilidade dos municípios na imunização
INTERIOR
Acusada de matar marido de suposta amante vai a júri popular em MS

Mais Lidas

PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente
TRAGÉDIA
Douradense que morreu em acidente no interior de SP tinha 58 anos
TRÂNSITO
Colisão entre motos deixa entregador de gás ferido em Dourados