Menu
Busca quarta, 24 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Universal pede para o Ministério Público investigar promotores

18 agosto 2009 - 07h10

A Igreja Universal do Reino de Deus pediu oficialmente nesta segunda-feira que o Ministério Público de São Paulo investigue os promotores que denunciaram o bispo Edir Macedo e outros nove membros da igreja. Segundo nota divulgada pela assessoria da Universal, o pedido de sindicância foi baseado em reportagens divulgadas pela imprensa sobre a legitimidade da denúncia.
Reportagem do programa "Reporter Record", da TV Record, divulgada ontem à noite, ressalta o relacionamento entre o promotor Roberto Porto, responsável pela ação, e a juíza Patrícia Alvarez Cruz, que foi titular da vara onde a denúncia foi acolhida, o que invalidaria a denúncia. Porto e Patrícia foram namorados.
O Ministério Público também divulgou nota ontem na qual rebate as suspeitas da Record e esclarece que a denúncia foi oferecida pelos promotores do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e foi recebida pelo juiz Gláucio Roberto Brittes, da 9ª Vara Criminal de São Paulo, após ser distribuída pelos trâmites legais do TJ (Tribunal de Justiça).
"A distribuição da denúncia foi feita de acordo com os trâmites legais, ou seja, por meio de procedimento eletrônico adotado pelo Tribunal de Justiça. A juíza Patrícia Alvarez Cruz, citada na reportagem, nunca atuou no processo criminal em questão que, conforme já explicado, é presidido pelo juiz Gláucio Roberto Brittes", diz a nota, assinada pelo procurador-geral de Justiça de São Paulo, Fernando Grella Vieira.
A reportagem do programa "Repórter Record" também criticou a TV Globo e mostrou uma entrevista com o bispo Edir Macedo. Cerca de 15 minutos depois, a Globo exibiu no 'Fantástico' reportagem na qual fiéis dizem ter sido enganados pela Igreja Universal do Reino de Deus.
Edir Macedo se defendeu das acusações durante a reportagem. "Antes eles tinham medo que eu fosse candidato à Presidência da República e hoje eles têm medo que a Record se posicione em primeiro lugar", disse o fundador da Universal e dono da Rede Record. Já na Globo, a reportagem, realizada por Cesar Tralli, mostrou ex-fiéis da Universal e propriedades de luxo que seriam de integrantes da igreja.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARAGUAI
Polícia prende 8 em fazenda de Pavão com produtos para fabricar cocaína
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende população da cidade de Paraíso das Águas
Polícia apreende veículo com mais de uma tonelada de maconha na MS-386 
DOF
Polícia apreende veículo com mais de uma tonelada de maconha na MS-386 
MS recebe 22,5 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford contra a Covid-19
IMUNIZANTE
MS recebe 22,5 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford contra a Covid-19
Douradão é liberado para a estreia do DAC na série A do Estadual
JOGANDO EM CASA
Douradão é liberado para a estreia do DAC na série A do Estadual
DOURADOS
Carreta estacionada ao lado da Depac com 30t de maconha é levada ao Batalhão da PM
POLÍTICA
Bancada do PT e sindicatos pedem adiamento da votação da PEC Emergencial
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil atinge 250 mil mortes por Covid com ritmo acelerado de transmissão
REGIÃO
Maconha apreendida em Jeep totalizou mais de 1 tonelada
FUTEBOL
Dourados faz 5 a 0 no Novo e conquista a Série B do Estadual

Mais Lidas

REGIÃO
Homem é preso após estuprar menina de 11 anos
REGIÃO
Trio de Dourados é preso tentando furtar agência dos Correios de Itaporã
TACURU
Tatuagem ajuda mãe a identificar homem encontrado morto sem a cabeça
BOA AÇÃO
Vítima de golpe, família é ajudada por funcionário de companhia aérea em Campo Grande