Menu
Busca terça, 13 de abril de 2021
(67) 99257-3397

UnB reforça segurança para evitar fraude

04 junho 2005 - 16h39

A UnB (Universidade de Brasília) aumentou as medidas de segurança para a realização de seu próximo vestibular para evitar que ocorram fraudes. Uma das principais medidas é a instalação de detectores de metais, que serão colocados na porta de cada sala.Os estudantes, que fazem o exame nos dias 11 e 12, não poderão entrar no local de prova com aparelhos eletroeletrônicos (celulares e bips, por exemplo), relógio de nenhum tipo, óculos escuros, bonés, gorros e chapéus.As bolsas serão revistadas e, caso tenham alguns desses itens, os vestibulandos não poderão entrar na sala sem se desfazer deles. Além disso, a universidade distribuirá canetas para que os candidatos resolvam os exercícios.Essas medidas fazem parte das ações divulgadas ontem pelo Cespe (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos), órgão responsável pelo vestibular da UnB.Foram motivadas pela Operação Galileu, que investiga um grupo acusado de fraudar concursos públicos em vários Estados e vestibulares de instituições particulares de ensino superior. Alguns dos concursos públicos foram realizados pelo Cespe.São acusados de fazer parte da quadrilha funcionários públicos e policiais. A Polícia Civil do Distrito Federal também investiga a possibilidade de haver funcionários do Cespe envolvidos. O órgão nega e abriu sindicância para apurar o caso.Segundo o diretor acadêmico do Cespe, Mauro Rabelo, as medidas visam "garantir a lisura do processo e igualdade de condições entre todos os concorrentes" do vestibular da UnB."Elas vêm dificultar ao máximo as tentativas de fraude durante a aplicação das provas", afirmou.InscritosO vestibular da UnB, que será realizado nos dias 11 e 12, teve 24.563 candidatos inscritos.Serão oferecidas 2.004 vagas, sendo 1.610 pelo sistema universal e o restante por meio das cotas para afrodescendentes.O exame será aplicado em 11 cidades, sendo que Brasília tem o maior número de locais de prova.Também haverá neste ano um maior número de fiscais e inspetores de segurança. Cada sala terá um relógio para orientar o candidato em relação ao tempo.Outra medida de segurança é o tempo de permanência na sala de aula: obrigatoriamente será de, no mínimo, uma hora após o início da prova. Essa medida já é adotada em vários outros vestibulares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bebê de 40 dias morre vítima da Covid-19 após ficar intubada por 10 dias
Bebê de 40 dias morre vítima da Covid-19 após ficar intubada por 10 dias
LIMINAR
Rosa Weber derruba trechos de decretos de Bolsonaro sobre porte de armas
BRASILÂNDIA
Funcionário de fazenda descobre furto de 50 cabeças de gado
GERAL
INSS retoma atendimentos presenciais nas regiões Norte e Centro-Oeste
Pedida prisão preventiva de ex-marido que matou professora a pauladas
SIDROLÂNDIA
Pedida prisão preventiva de ex-marido que matou professora a pauladas
AGEHAB
Renda para adesão a programas habitacionais varia de R$ 1,3 mil a R$ 4,7 mil
COTAÇÃO
Eletricista é agredido até desmaiar após colegas descobrirem maconha em carro
TENNESSEE
Tiroteio em escola deixa um morto e vários feridos nos Estados Unidos
Polícia prende homem por roubo de veículo e descobre outros dois furtos
COMISSÃO NO SENADO
Pacheco fará consulta para saber se CPI pode investigar governadores

Mais Lidas

ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem foi baleado com cinco tiros no Parque do Lago II
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II