Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

UEMS abre inscrições para contratar professores especialistas

16 janeiro 2010 - 08h41

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade de Glória de Dourados, Polo Tecnológico, necessita de dois professores, com especialidades nas áreas de Recursos Naturais – Subárea: Agroecologia e Produção Industrial – Subárea: Produção Sucroalcooleira, para exercerem suas funções na referida Unidade Universitária, nos novos cursos implantados, Tecnologia em Agroecologia e Tecnologia em Produção Sucroalcooleira. Para tal evidência a UEMS lançou Edital de Concurso Público de Provas e Títulos para preencherem esses cargos.

As informações completas sobre o Edital do Concurso, os interessados poderão obter através da página: www.fapems.org.br. As inscrições para o concurso tiveram início no dia 4 de janeiro e vão até o dia 1º de fevereiro, sendo que a taxa da inscrição correspondente a R$ 190,00, a ser paga através de boleto bancário, no período entre às 10 e às 18 horas do último dia destinado a essa finalidade.

O professor de ensino superior submetido ao regime de tempo integral fica obrigado a prestar, no mínimo, 40 horas semanal de trabalho, com disponibilidade total para a Instituição, havendo impedimento de exercer outra atividade profissional pública ou particular. A jornada de trabalho poderá ser distribuída nos períodos diurno e noturno, conforme a necessidade da UEMS. Conforme dispõe o Edital, o salário é de R$ 3.421,87, para Professor Assistente Mestre e R$ 4.725,45 para professor Adjunto (doutor).

Programas das provas escrita e didática; área de conhecimento, recursos naturais – subárea: Agroecologia. História do desenvolvimento da agricultura; Manejo agroecológico do solo; Manejo e gestão de recursos hídricos; Avaliação e manejo de agroecossistemas; Interpretação da análise do solo (cálculo, mistura e adubação); Manejo agroecológico de culturas; Princípios de agroecologia; Elementos do clima de importância agropecuária; Legislação agrária, ambiental e da produção orgânica, e Formação do solo. Área de conhecimento: Produção industrial – subárea: Produção Sucroalcooleira. Introdução ao processo sucroalcooleiro; Tecnologia e produção agrícola de cana-de-açúcar; Agricultura e meio ambiente; Tecnologia e produção de açúcar; Tecnologia e produção de álcool; Tecnologia e armazenamento de açúcar; tecnologia e armazenamento de álcool; Máquinas e mecanização agrícola; Tratamentos de resíduos industriais e agrícolas, e Manejo e gestão de recursos hídricos em cana-de-açúcar.

A gerente de Unidade da UEMS de Glória de Dourados, professora Letícia Pereira de Andrade salienta, “com a implantação do Polo Tecnológico e a criação de dois novos cursos, Tecnologia em Agroecologia e Tecnologia em Produção Sucroalcooleira, faz-se necessário o preenchimento de duas vagas para docentes, com professores especializados nas referidas áreas de ensino”, constata a gerente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DURANTE A PANDEMIA
Saiba quais foram as maiores lives musicais realizadas na internet
SOLIDARIEDADE
Ação de ONG leva roupas e itens de higiene para famílias de Campo Grande
BRASIL
Parques e igrejas de maior porte reabrem no DF na quarta-feira
CORRIDA ESPACIAL
SpaceX e Nasa lançam foguete com astronautas nos EUA
BRASIL
Cidade de São Paulo prorroga quarentena até 15 de junho
"RAÍZES"
Documentário sobre sacis filmado em MS tem estreia online em junho
EM MIRANDA
Mulher é estuprada após ser levada para quintal de residência
REDES SOCIAIS
Bolsonaro tira fotos sem máscara após ir a lanchonete em Goiás
NA CAPITAL
Criança fica ferida ao ser atropelada por moto em avenida de Campo Grande
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown