Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Turistas goianos são presos por pesca predatória no Piqueri

15 fevereiro 2010 - 10h24

Policiais Militares Ambientais de Corumbá, juntamente com policiais de Coxim e de Campo Grande, que estão reforçando o efetivo da Unidade de Corumbá durante a operação carnaval, prenderam ontem três turistas goianos que praticavam pesca predatória.
João Ricardo do Valle´, Valéria Pinto Sampaio e Divino Cézar Lopes, empresários, residentes em Goiânia, pescavam no rio Piqueri fazendo uso de petrechos proibidos (tarrafa). Com eles foram apreendidos uma lancha Marajó, com motor de popa 60 HP, três molinetes, uma carretilha, uma tarrafa e 36 iscas vivas da espécie “tuvira”, que tinham sido capturadas pelos pescadores com a tarrafa. Cada turista foi autuado e multado em R$ 3.000,00.
Todos os autuados responderão por crime ambiental e, se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de denteção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Na reta final, vacinação contra Influenza só atingiu meta em dois grupos até agora
SAÚDE PÚBLICA
Segundo do país em incidência, MS se aproxima de 60 mil notificações por dengue
ARQUITETURA & DESIGN
O sonho de toda mulher: o closet por Juliana Saraiva
PANDEMIA
Mesmo com o aumento diário de casos de coronavírus, douradenses mantêm isolamento baixo
COMER BEM
Comer sem engordar Burguer e batata e possível? Conheça o Burguer Fit.
BR-463
Alegando estar desempregado, homem é detido transportando drogas para Santa Catarina
NAVIRAÍ
Adolescentes membros de facção criminosa são apreendidos após roubo a boate
CLIMA
"Sobe e desce": temperatura aumenta 17ºC e depois cai 15ºC em Dourados
OPERAÇÃO DEP CAUGHT
Quatro municípios de MS são alvos de operação de combate a pedofilia
DOURADOS
Em emergência pelo Covid-19, prefeitura homologa R$ 3,6 milhões via dispensa de licitação

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher