Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99257-3397

Triturar ou partir pílula altera efeito, alertam farmacêuticos

07 agosto 2009 - 14h54

Farmacêuticos alertam para os maus hábitos relacionados à forma como os medicamentos são ingeridos. Partir, triturar ou ingerir os remédios com alguns alimentos pode potencializar ou reduzir seus efeitos.

"90% das pessoas que consultam o médico saem com receita médica. Mas a farmácia precisa estar vinculada aos serviços de saúde; do contrário, o paciente pega o remédio na gôndola e toma como quiser. Por isso existe um grande número de intoxicação e de inatividade do medicamento: é falta de orientação", diz Raquel Rizzi, presidente do CRF-SP (Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo).

Um dos principais erros é triturar comprimidos ou abrir o conteúdo de cápsulas para facilitar a deglutição. "É um problema e é sério. Uma cápsula pode ser desenvolvida para não se degradar no estômago. Se você retira o conteúdo da membrana, ele pode perder o efeito", afirma Chung Man Chin, do Departamento de Fármacos e Medicamentos da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Araraquara.

O omeprazol, diz Chin, é um dos remédios que têm o efeito reduzido com o esmagamento.

Absorção acelerada

Outro problema desse procedimento é acelerar a absorção dos princípios ativos pelo organismo. Como cada comprimido é planejado para ter um tempo de atividade e assimilação no corpo, a quebra de um revestimento, por exemplo, pode desregular esses mecanismos.

"Se for um remédio com revestimento ou estrutura que permitem uma liberação prolongada, acaba-se com a função do medicamento, correndo o risco de ocorrer uma absorção intensa e sofrer intoxicação", alerta Maria Aparecida Nicoletti, farmacêutica responsável pela Farmácia Universitária da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP (Universidade de São Paulo).

O mais indicado, caso seja difícil ingerir o remédio inteiro, é procurar outras formas de apresentação, como gotas ou xaropes. "Existem fórmulas para crianças, em tamanhos ou formas mais adequadas, por exemplo. Não é preciso improvisar", afirma Rizzi.

Quebrar o comprimido ao meio também não é indicado. Alguns especialistas acreditam que os princípios ativos da droga não estejam distribuídos igualmente por todo o produto, ainda que sejam feitos testes de uniformidade durante a produção.

O principal problema nesse caso é, novamente, a absorção incorreta do medicamento pelo organismo. Alguns analgésicos e antialérgicos, por exemplo, têm um sistema de liberação modificada -se cortados, podem perder o efeito.

Antibióticos são normalmente revestidos por serem sensíveis ao pH ácido do estômago e deverem passar íntegros pelo órgão. Uma vez quebrados, podem perder parte das propriedades. "No entanto, quando o médico sugere que se parta o medicamento, entende-se que ele conhece a proposta do remédio e sabe se é possível ou não usar somente uma parte", pondera Nicoletti, da USP.

Bebidas

Alguns remédios interagem com bebidas, caso dos antibióticos, que não devem ser ingeridos com leite -o alimento reduz o efeito da droga. "Alguns antipsicóticos podem interagir com algumas bebidas e perder as propriedades desejadas", acrescenta Chin.

Ingerir remédios em gotas misturados a bebidas com sabor -como sucos e refrigerantes- para mascarar o gosto ruim também pode levar à redução do potencial terapêutico do remédio. O recomendado é diluí-los em água.

Segundo o CRF-SP, os remédios são a principal causa de intoxicação nos centros de farmacovigilância em todo o país -um dos motivos são interações medicamentosas, que podem ocorrer com falta de orientação sobre o uso das drogas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MARACAJU
Mulher é presa por desacato ao tentar defender filho suspeito de agressões
BRASIL
Senado aprova MP para compra de vacinas por estados sem licitação
NOVA ANDRADINA
Filho busca doador de medula óssea para mãe que sofre de leucemia
ITINERANTE
Carreta da Justiça finaliza atendimentos em Corguinho e segue para Rochedo
Adolescente é apreendido com R$ 3 mil e 44 porções de pasta-base
IMUNIZAÇÃO
Assomasul discute com a SES compra de vacinas e eventuais medidas restritivas
MATO GROSSO
Homem é preso por abandonar esposa paraplégica sem comida
DOCENTE
Concurso da UFGD convoca para prova didática e heteroidentificação
TRÂNSITO
Médico é preso depois de bater veículo em ônibus no centro da Capital
FUTEBOL
Corinthians tem 19 casos positivos de Covid-19; oito são jogadores

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente