Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Três Lagoas: fábrica da Petrobras criará 7 mil empregos

03 fevereiro 2010 - 16h22

A mega fábrica de fertilizantes da Petrobras vai gerar aproximadamente 7 mil empregos, somente na fase de construção, em Três Lagoas, a 339 quilômetros da Capital. O investimento será de R$ 2 bilhões.

Neste momento, seis técnicos do setor de coordenação de implantação da empresa estão reunidos na Governadoria, em Campo Grande, com o governador André Puccinelli e a prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet, ambos do PMDB. Eles estão acertando os detalhes para a desapropriação e doação do terreno de 340 hectares.

A reunião acontece a portas fechadas. No entanto, o governador já antecipou que participará da desapropriação da área onde será construída a fábrica, que é considerada a redenção econômica de Mato Grosso do Sul.

O empreendimento será voltado para produção de fertilizantes, produto do qual o Brasil é dependente da importação.



Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Porta-voz da prefeita diz que decretos têm base técnica após crítica do empresariado
DOURADOS
Em nova ação, BPW entrega aventais e máscaras para trabalhadores da saúde
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
ECONOMIA
Agronegócio sul-mato-grossense vendeu 87% da soja e 37% do milho
TRÁFICO
Polícia apreende mais de meia tonelada de maconha durante barreira sanitária
PANDEMIA
Com crescimento no número de casos de coronavírus, Dourados inicia barreira sanitária
TACURU
Homens são abordados transportando drogas em ônibus na MS-295
DOURADOS
Prefeitura homologa mais R$ 78 mil em dispensas de licitação para compra de EPI’s
CAARAPÓ
Jovens são apreendidos com 81kg de drogas na MS-156
ECONOMIA
Confiança da indústria aumenta 3,2 pontos de abril para maio, diz FGV

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher