Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99257-3397

TRE-MS empossa novos dirigentes

29 janeiro 2011 - 09h32

Na tarde de ontem, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul realizou a solenidade de posse dos desembargadores Josué de Oliveira e Joenildo de Sousa Chaves, como membros efetivos deste Tribunal. Na mesma sessão, aconteceu a eleição entre esses dois desembargadores para os cargos de Presidente e Vice-Presidente do TRE-MS, para o biênio 2011/2013. O desembargador Josué de Oliveira foi escolhido para assumir a Presidência, e o desembargador Joenildo de Sousa Chaves será o novo Vice-Presidente e ainda acumulará a função de Corregedor Regional Eleitoral.

Em seu discurso como presidente empossado, o Des. Josué de Oliveira ressaltou que pretende dar continuidade e eficácia a todas as obras já iniciadas na gestão anterior. Porém, ele destacou também algumas metas para sua administração como, por exemplo: expandir o cadastramento biométrico no Estado; otimizar os serviços desta justiça por meio de um canal de comunicação efetivo; implantar a gestão de processos; organizar um escritório de projetos; implantar uma agenda ambiental; reestruturar a Secretaria do TRE-MS e da Escola Judiciária Eleitoral e ampliar o espaço da OAB dentro do Tribunal.

 
Oliveira

O Des. Josué de Oliveira é Natural de Pereira Barreto/SP e formou-se em Direito no ano de 1975, pela Faculdade Integrada de Uberaba - MG. Ingressou na Magistratura como Juiz de Direito da Comarca de Maracaju em 1980. Foi promovido, por antigüidade, para a Vara Criminal da Comarca de Ponta Porã, de 1ª Entrância, em 1982.

Foi removido, a pedido, para a 1ª Vara Cível da Comarca de Ponta Porã, 2ª Entrância, em 1983. Foi removido, a pedido, para a 2ª Vara Cível da Comarca de Dourados, de 2ª Entrância, em 1985. Foi promovido, por merecimento, para a 3ª Vara Cível da Comarca de Campo Grande, de Entrância Especial, em 1987. Foi promovido, por merecimento, ao cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, em 1991.

Exerceu o cargo de Corregedor-Geral de Justiça, compondo a diretoria do Tribunal de Justiça no biênio 2001/2002. Desde fevereiro de 2009, voltou a exercer este cargo no TJ/MS.

Chaves

O Des. Joenildo de Sousa Chaves é natural de Ourives/BA e formou-se em Direito pela Faculdade de Direito do Norte de Minas - Montes Claros/MG, 1971. Foi Professor da Cadeira de Legislação Aplicada, do Instituto Norte Mineiro de Educação, de 1967 a1968 e 1971 a 1974. Advogou em Montes Claros e região do Norte de Minas até 1980. Foi Secretário de Fazenda do Município de Montes Claros, de 1974 a 1977.

Em 1975, foi aprovado em concurso para o cargo de Delegado de Polícia em Minas Gerais. Foi professor titular das cadeiras de Direito Administrativo, Legislação e Finanças Públicas, da Faculdade de Administração e Finanças do Norte de Minas.

Ingressou na Magistratura, como Juiz de Direito da Comarca de Amambaí, em 1980. Foi promovido, por merecimento, para a 3ª Vara Cível da Comarca de Corumbá, de 2ª Entrância, em 1982. Foi promovido, por antiguidade, para a 2ª Vara Cível da Comarca de Campo Grande, de Entrância Especial, em 1987. Em março de 1995, foi promovido, por merecimento, ao cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul.

Já atuou como Vice-Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, no biênio 2003/2004, e Juiz das Zonas Eleitorais de Amambai, Corumbá e Campo Grande. Foi Membro Substituto do Tribunal Regional Eleitoral do MS, de 2005 a 2006.

Já foi Vice-Presidente da AMAMSUL - Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul (1987-1988) e, atualmente, é Presidente da ABRAMINJ - Associação Brasileira de Magistrados da Infância e da Juventude e Secretário Nacional da AMB para Assuntos da Infância e Juventude.

É Pós-graduado na Universidade Católica de Minas Gerais, em Direito de Empresa, desde 1975. Dentre as condecorações recebidas, destaca-se a Medalha da Inconfidência, conferida pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, em 2003, e o título de Membro Honorário da Força Aérea Brasileira, em 2004. Já proferiu diversas palestras e tem vários trabalhos publicados.
Atualmente, além de ser Membro da Comissão Estadual Judiciária de Adoção - CEJA e Coordenador da Infância e Juventude do Estado de Mato Grosso do Sul, também atua como membro da 1ª Turma Cível, da 2ª Seção Cível, do Órgão Especial e do Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Advogado acusado de matar ex-lider do PSL sofre nova derrota na Justiça
IBGE
Governo recorre da decisão do Supremo sobre realização do Censo 2021
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
BRASIL
Mulher vítima de violência terá prioridade em programa habitacional
Grêmio goleia time venezuelano por 8 a 0 e faz história
FUTEBOL
Grêmio goleia time venezuelano por 8 a 0 e faz história
NOVA ANDRADINA
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
BRASÍLIA
'Tô vendo uma barata aqui', diz Bolsonaro a apoiador com cabelo 'black power'
Suspeito de levar foragidos do ES ao Paraguai é preso com R$ 12 mil
UFGD
Workshop de saúde vocal para profissionais da voz acontece na próxima semana
NOVA ANDRADINA
Ex-namorado de líder do PSL encontrada morta, é indiciado por feminicídio

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado